0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 29/11/2019 17:19

Veículos apreendidos pela Polícia Civil foram doados nesta sexta-feira, 29, para Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Miranorte. Os veículos doados ocupavam o pátio e as ruas próximas da Cadeia Pública da cidade. 

O pedido de doação foi formulado junto ao Poder Judiciário e teve por fundamento o Manual de Bens Apreendidos do Conselho Nacional de Justiça -CNJ, além de ter sido instruído por prova pericial, demonstrando-se a impossibilidade de localização de eventuais proprietários e a inviabilidade técnica e econômica de realização de Leilão Judicial, sendo proferida Decisão Judicial com autorização para a doação dos bens.

O delegado regional Bruno Baeza destaca que os veículos não foram reclamados nos últimos anos por eventuais proprietários/detentores, de modo que o Estado não deve suportar o ônus de manutenção dos bens em locais inadequados por tempo indeterminado, constatando-se que a deterioração ocasionada com o tempo tornou antieconômica a realização de Leilão Judicial, concluindo-se que a doação dos bens se revelou a medida mais adequada para sanar o problema de superlotação do pátio da Cadeia Pública e das vias públicas.

Post Anterior

Ossada humana é encontrada pela Polícia Civil na zona rural de Formoso do Araguaia

Próximo Post

Linhas de distribuição de mais 32 municípios tocantinenses irão receber melhorias

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *