0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 12/06/2022 18:06

Na tarde deste domingo (12), no Maracanã, em partida válida pela 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Vasco venceu Cruzeiro pelo placar de 1 a 0. O gol do confronto foi  marcado por Getúlio, ainda no primeiro tempo.

Duelo dos dois principais favoritos ao acesso à elite do futebol brasileiro. Com o Maracanã lotado, Vasco e Cruzeiro fizeram grande jogo e confirmaram o prognóstico traçado às vésperas do confronto.

Líder da competição, o time comandado por Paulo Pezzolano tentava furar o bom bloqueio montado por Emílio Faro à frente da área vascaína, mas não encontrava espaço suficiente para o bom jogo de troca de bola proposto desde o início da Série B.

O Vasco, por sua vez, como de costume desde os tempos de Zé Ricardo, buscou o jogo rápido em contra-ataque e, desta forma, deu o primeiro golpe no clássico nacional.

Aos 23 minutos, em trama veloz em jogo reativo, Gabriel Pec serviu Nenê na esquerda do campo de ataque. O meia cruzou na medida para Getúlio, que mergulhou e cabeceou forte para o fundo da rede defendida por Rafael Cabral. 1 a 0 para o Vasco e números finais no primeiro tempo, que ainda contou com boa chance perdida pelo centroavante Edu, da Raposa.

Na volta para a segunda etapa, o Vasco não se retraiu e seguiu jogando para ampliar o marcador dentro de casa. O Cruzeiro apostava na inversão de jogadas, tentando movimentar a marcação adversária, e chegou a levar perigo, com Bidu, em finalização que foi bloqueada em cima da linha por Juan Quintero.

A tônica dos últimos 45 minutos foi de muita pressão do Cruzeiro, que apostava na bola aéra usando o centroavante Edu como referência na grande áerea, mas a defesa cruzmaltina se mostrava bem postada, cortando com facilidade todas as investidas. Em outra situação, Daniel Junior finalizou forte e tirou tinta da trave direita do goleiro Thiago Rodrigues.

Com muito volume de jogo, mas de maneira desorganizada, o Cabuloso não conseguiu marcar no Maracanã. A vitória por 1 a 0 do Gigante da Colina foi confirmada ao apito final do árbitro Anderson Daronco, arrancando a explosão dos mais de 63 mil torcedores presentes. A equipe mineira segue na liderança da competição, com 28 pontos, mas vê a aproximação dos cariocas, que se afirmaram na 3ª colocação, com 24 pontos.

Próximos jogos

O Vasco, ainda embalado pela ótima sequência de resultados, volta a campo no próximo sábado (18), às 16h, contra o Londrina, fora de casa. Já o Cruzeiro irá enfrentar a Ponte Preta, no Mineirão, às 16h da próxima quinta-feira.

FICHA TÉCNICA
Vasco 1 x 0 Cruzeiro
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro
Data e hora: domingo (12/6), às 16h (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (FIFA/RS)
Público e renda: 63.608/R$ 2.284.230,58
Auxiliares: Rafael da Silva Alves (FIFA) e Michael Stanislau (ambos do RS)
Gol: Getúlio 23’/1ºT (Vasco)
Cartões amarelos: Matheus Barbosa (Vasco) / Geovane Jesus e Neto Moura(Cruzeiro)

VASCO: Thiago Rodrigues; Gabriel Dias (Weverton), Quintero (Danilo Boza), Anderson Conceição e Edimar; Yuri Lara, Matheus Barbosa (Juninho) e Nenê (Palacios); Gabriel Pec, Getúlio (Raniel) e Figueiredo. Técnico: Emílio Faro.

CRUZEIRO: Rafael Cabral; Geovane Jesus (Rafael Santos), Lucas Oliveira e Zé Ivaldo; Pais (Rafa Silva), Willian Oliveira, Neto Moura, Fernando Canesin (Filipe Machado) e Bidu; Jajá (Daniel Junior) e Edu. Técnico: Paulo Pezzolano.

Post Anterior

Quocientes eleitoral e partidário: entenda a distribuição de cadeiras na Câmara

Próximo Post

Manifestantes realizam Marcha da Maconha em São Paulo.

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.