Home»Destaque»Vai viajar no final do ano? Passagens aéreas nacionais devem ficar mais baratas

Vai viajar no final do ano? Passagens aéreas nacionais devem ficar mais baratas

Atualizada em: 30/10/2017 18:15

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

De acordo com levantamento realizado por uma empresa especializada em busca de viagens pela internet, as passagens reservadas entre o período de 29 de outubro e 4 de novembro devem ficar mais baratas. O estudo foi feito a partir do comportamento das companhias aéreas nos últimos dois anos.

De acordo com o levantamento, também foi apontado que para garantir voos mais baratos, o passageiro deve optar por escalas em aeroportos próximos e escolher companhias aéreas diferentes entre uma conexão e outra.

Izabela conta como garante passagens mais em conta em suas viagens. Foto: arquivo pessoal

A jornalista Izabela Martins, que mora em Palmas, não abre mão de viajar, sempre com planejamento antecipado. A frequência que Izabela viaja está diretamente ligada às ofertas de preço e ela conta como se planeja para economizar: “Eu procuro me planejar de forma que eu não termine a viagem ainda pagando a passagem. Me programo para parcelar o mínimo possível e procuro economizar em outras coisas no período próximo à viagem.”.

A jornalista também conta que usa aplicativos da internet que notificam passagens mais acessíveis: “Procuro utilizar sites que disponibilizem alertas para alteração nos preços das tarifas. Comprei a minha volta do natal que vou passar com a minha família utilizando esse mecanismo”.

Matteus também usa a internet para conseguir voos mais em conta. Foto: arquivo pessoal

Matteus Nogueira é advogado e viaja de avião com frequência: “Eu costumo viajar a cada 2 ou 3 meses, geralmente para fazer tratamento médico em outras localidades. Viajo sempre em datas programadas, o planejamento financeiro é feito por volta de 3 meses antes da viagem, geralmente quando noto alguma promoção.” Para garantir voos mais em conta, Matteus fica atento às promoções das companhias aéreas, que costumam disponibilizar essas ofertas na internet, por e-mail e aplicativos. Com esse estudo, a expectativa é que os preços fiquem mais baratos para quem se planeja com antecedência.

Post Anterior

Enem 2017: Tocantinenses devem ficar atentos ao horário da prova nos dias 5 e 12 de novembro

Próximo Post

Gleidy Braga deixa Secretaria da Cidadania e Justiça do Tocantins