0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 13/05/2022 06:59

O chefe de política externa da União Europeia, Josep Borrell, disse nesta sexta-feira (13) que o bloco fornecerá mais 500 milhões de euros em apoio militar à Ucrânia e que está confiante de que um acordo pode ser alcançado nos próximos dias para um embargo ao petróleo russo.

Falando a repórteres antes da reunião dos ministros das Relações Exteriores do G7 na Alemanha, Borrell disse que o apoio militar seria para armas pesadas, como tanques e artilharia, e levaria a ajuda do bloco a cerca de 2 bilhões de euros.

“Um novo impulso para o apoio militar. (Será) mais pressão sobre a Rússia com sanções econômicas e continuidade do isolamento internacional do país e combate à desinformação”, disse ele.

Borrell disse que também está otimista de que um embargo da UE ao petróleo russo também possa ser acordado nos próximos dias. “Tenho certeza de que teremos um acordo. Precisamos dele e teremos. Temos que nos livrar da dependência do petróleo da Rússia”, disse o diplomata.

“Se não houver acordo entre os embaixadores, na próxima segunda-feira (16) os ministros, quando se reunirem, terão que fornecer o impulso político”, afirmou.

 

Post Anterior

Anvisa mantém uso de máscara em aviões, mas libera serviço de bordo

Próximo Post

Messi é apontado como atleta mais bem pago do mundo, com R$ 670 milhões, veja a lista dos atletas

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *