0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 28/07/2022 08:57

O União Brasil é o partido com mais candidatos competitivos aos governos estaduais no 1º turno das eleições de 2022. A sigla resultado da fusão entre o DEM e o PSL tem 6 pré-candidatos liderando ou empatados tecnicamente nessa posição, segundo levantamento do Poder360 com as pesquisas eleitorais mais recentes.  

O MDB mostra que mantém a capilaridade construída nas últimas décadas e aparece na sequência do ranking. Com a adição de Mato Grosso Sul e Roraima, ausentes no levantamento de maio, e o crescimento de intenções de voto em Alagoas, a legenda foi de 2 para 5 nomes competitivos.

O Poder360 compilou levantamentos de 23 Estados e do Distrito Federal, os disponíveis até o momento e registrados no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Foram consideradas todas as pesquisas com metodologias conhecidas e das quais foi possível verificar a origem das informações. Entende-se como candidatos competitivos aqueles que lideram em 1º lugar isolado ou estão empatados, dentro da margem de erro, nessa posição. 

O PSB, que reformulou o quadro interno e atraiu o deputado federal Marcelo Freixo, no Rio de Janeiro, e João Azêvedo, na Paraíba, ganhou força e somou aos Estados já governados por pessebistas que disputam a reeleição Espírito Santo e Pernambuco. Hoje, o partido tem 4 candidaturas que lideram isoladas ou na margem de erro. 

O PT, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, é um dos principais afetados pela ascensão do União Brasil. O partido encaminha a reeleição de Fátima Bezerra no Rio Grande do Norte e lidera com Fernando Haddad em São Paulo, maior colégio eleitoral do país (34,7 milhões de eleitores). Está atrás, porém, no Piauí, Ceará e Bahia, 3 Estados do Nordeste em que venceu em 2018. 

Partido do presidente Jair Bolsonaro, o PL tem 1 nome competitivo: Cláudio Castro, atual governador do Rio de Janeiro –justamente no reduto eleitoral em que o chefe do Executivo federal construiu sua carreira política.  

O PSD, no Mato Grosso do Sul e no Paraná, e o Republicanos, em Santa Catarina e no Tocantins, registram 2 pré-candidatos em 1º lugar isolado ou em empate técnico nessa posição. 

Novo (Minas Gerais), PSDB (Rio Grande do Sul), PP (Acre), PTB (Alagoas) e Solidariedade (Pernambuco) completam a lista de partidos com 1 candidato competitivo cada um.

 

O levantamento do Poder360 considerou os nomes testados no cenário estimulado com mais pré-candidatos. Em caso de mais de uma simulação com a mesma quantidade de nomes, foi considerada aquela elencada como principal pela empresa de pesquisa. Eis a íntegra de todos os estudos.

ÍNTEGRA DE PESQUISAS .

AC-04884/2022;

AL-07421/2022;

AM-02872/2022;

BA-05185/2022;

CE-05080/2022;

DF-02081/2022;

ES-01975/2022;

GO-02114/2022;

MA-01386/2022;

MS-04968/2022;

MG-05124/2022;

PA-02344/2022;

PB-08632/2022;

PR-06745/2022;

PE-01527/2022;

PI-00421/2022;

RJ-07420/2022;

RN-08156/2022;

RS-07079/2022;

RR-04257/2022;

SC-06333/2022;

SP-05804/2022;

TO-04883/2022.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Post Anterior

Depois de 9 dias, Lira consegue se pronunciar sobre ataques de Bolsonaro às eleições

Próximo Post

Agir apresenta Carlesse pré-candidato ao Senado em Araguaína nesta quinta, 28

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.