Home»Comunidade»Três meses sem resposta: familiares e amigos de Moisés da Sercon realizam ato público pedindo justiça

Três meses sem resposta: familiares e amigos de Moisés da Sercon realizam ato público pedindo justiça

Atualizada em: 28/11/2018 12:02

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Familiares e amigos realizam neste sábado, 1º de dezembro, um ato público pedindo respostas sobre o assassinato do prefeito de Miracema, Moisés Costa da Silva (MDB), conhecido como Moisés da Sercon. Na próxima sexta-feira, 30, completa 90 dias da morte do político e até o momento ninguém foi preso. A manifestação está marcada para as 10h em frente a Rádio 104,9 FM, no centro da cidade. 

O advogado e amigo da família, Flávio Suarte, é um dos organizadores do ato chamado “Pela paz e pela esperança” e disse ao Portal Orla Notícias que o principal objetivo é chamar a atenção da justiça e pedir a solução do caso. “Completamos três meses do assassinato do Moisés e até agora não sabemos o que realmente aconteceu. A família e nós, que éramos amigos dele, queremos saber quem e por que o mataram. Vamos cobrar uma resposta do fato”, enfatizou.

Também ao Portal Orla Notícias, Fidel Costa, irmão de Moisés, disse que a angústia é cada vez maior e pede que o assassinato do prefeito não seja esquecido. “Estamos procurando a polícia com frequência, buscando respostas, mas sempre insistem em dizer que continuam trabalhando sem parar, porém não existe uma solução. Não poder deixar que o caso caia no esquecimento. Queremos respostas”, afirmou.

Entenda

Moisés da Sercon foi encontrado morto em uma estrada vicinal entre Miranorte e Rio dos Bois com uma marca de tiro na cabeça no dia 30 de agosto. Inicialmente, a investigação seguia três hipóteses: suicídio, latrocínio e homicídio. O prefeito estava no primeiro mandato, eleito com 84% dos votos válidos.

A família sempre defendeu que não tinha sido suicídio, porque o prefeito não aparentava qualquer sinal de que estivesse enfrentando situação que levasse a isso. O laudo pericial confirmou o homicídio.

SSP

O Portal Orla Notícias solicitou a Secretaria de Segurança Pública um posicionamento sobre o andamento das investigações e aguarda resposta.

Post Anterior

'Tá na rede': cantor quer subir ao palco e cantar junto com Gusttavo Lima em Palmas - veja vídeo de campanha

Próximo Post

Escândalo do lixo hospitalar: empresas apontadas como responsáveis por armazenamento irregular poderão ser multadas em até R$ 50 milhões

1 Comentário

  1. […] e amigos do prefeito de Miracema, Moisés Costa da Silva (MDB), conhecido como Moisés da Sercon, familiares e amigos realizaram um ato público na manhã deste sábado, 1º dezembro.  Nesta sexta-feira, 30, completou três meses da morte do […]