0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 08/06/2021 15:15

O processo de agroindustrialização do Estado vem avançando, graças às medidas adotadas pelo Governo do Tocantins, por meio da por meio da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), que permite novas modalidades de adesão ao serviço oficial de inspeção, possibilitando a expansão da comercialização dos produtos no mercado interno e externo. Recentemente a Agência concedeu selos de adesão a três empresas no Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos e Insumos Agropecuários (Sisbi), Serviço de Inspeção Estadual (SIE) e Selo Artesanal.

Segundo o presidente da Adapec, Paulo Lima, a desburocratização dos serviços na Agência está facilitando a abertura de novas agroindústrias e consequentemente, a migração daquelas que já estavam no SIE para o Sisbi, abrindo assim, a possibilidade de comercialização dos produtos para todo o país.

Tocantins certifica mais três agroindústrias para expansão da comercialização de produtos com qualidade garantida. Foto: Divulgação.

Sisbi

Nesta segunda-feira, 7, a Adapec habilitou mais uma empresa ao Sisbi, no segmento de laticínio, no município de Colméia, na região central do Estado, com isso, chega a três o número de empresas com adesão ao Sisbi só este ano, somando 10 agroindústrias ao todo.

No mercado de laticínio desde 2001, no município de Colméia, região centro-oeste, do Estado, o empresário Carlos Magno Martins Leal, proprietário do Laticínio Pureza, disse que está apostando na ampliação e expansão da comercialização dos seus produtos com a nova adesão ao Sisbi.

“Planejamos a empresa para que ela fosse crescendo aos poucos, degrau por degrau e entendemos que agora é hora de darmos um passo adiante e buscar segurança e estabilidade nas vendas, por isso, aderimos ao Sisbi e vamos iniciar a partir de agora, visitas aos mercados dos estados vizinhos,” contou Carlos Magno.

Selo Artesanal

Outra modalidade do serviço de inspeção, o Selo Artesanal ganhou a sua primeira adesão no segmento de produtos lácteos, trata-se de uma pequena empresa, a Natubem, situada no município de Combinado, na região sul do Tocantins.

O gerente de inspeção animal da Adapec, Antônio José Caminha disse que a adesão ao Selo Artesanal é um importante meio para as pequenas agroindústrias saírem da clandestinidade e de se regulamentarem perante o órgão oficial, pois possui exigências de equipamentos, estrutura e documentação bem mais simples para quem se enquadra nesta categoria.

O Selo Artesanal permite ao empresário comercializar seus produtos no mercado formal, aderir a linhas de créditos, financiamentos e dar garantias de  segurança alimentar ao consumidor que adquirir este produto, que será produzido dentro das condições sanitárias atestadas pelo Estado.

“A partir de agora com a adesão ao Selo Artesanal queremos ampliar nossas vendas tanto para o mercado local, quanto para a região e também fornecer por meio do compra direta nossos produtos para as escolas com o retorno das aulas presenciais,” disse uma das sócias da Natubem, Fidelice Ferreira Lima.

SIE

Já o SIE recebeu a adesão de uma nova empresa que está instalada no município de Santa Terezinha, na região norte do Tocantins, trata-se do laticínio Hojuara, que inicia suas atividades no Estado, com a geração de 31 empregos diretos e com capacidade de processamento de 40 mil litros de leite ao dia.

Post Anterior

Prefeitura de Palmas começa a aplicar segunda dose da Coronavac e Astrazeneca nesta segunda, 07

Próximo Post

Mutirão de manutenção de rodovias do Bico do Papagaio deve ser concluídos em 15 dias

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *