0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 20/02/2020 14:13

O Balneário que dá forma a Lagoa do Japonês é considerado um dos principais atrativos turísticos do Estado, e fica na região sudeste do Tocantins. Com a finalidade de restabelecer a trafegabilidade no trecho da rodovia TO-130, que liga Pindorama a Chapada da Natividade, a Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), iniciou o patrolamento da via a partir de Pindorama, o trecho que também dá acesso ao atrativo.

Os serviços estão sendo executados pela equipe técnica da Residência Rodoviária de Porto Nacional e tem por objetivo garantir a segurança, bem como promover a mobilidade na rodovia, que possui 35 KM de estrada de terra. Tudo para garantir a segurança dos turistas que visitarão a lagoa neste feriado prolongado.

Técnicos da Residência da Ageto acreditam que a obra se estenderá pelos próximos quatro dias. “A previsão inicial é de que precisaremos de quatro dias, mas é preciso levar em conta que as chuvas podem atrasar um pouco a finalização dos serviços”, frisa o residente Geraldo Majella.

A Lagoa do Japonês está a 240 km de Palmas e a 35 km do centro Pindorama. Se for por conta própria é melhor se prevenir com um carro que possua tração para evitar imprevistos, mesmo após os serviços de manutenção do trecho pela Ageto.

De água esverdeada e translúcida, a lagoa é ampla e com dois acessos para entrada na água por meio de um deck. A parte azul turquesa dela está para a direita, na entrada da gruta, e é a parte mais funda, com cerca de 3 metros de profundidade. Para chegar até lá, você pode nadar cerca de 3 minutos ou ir em um barquinho que leva os turistas até lá e para passear na lagoa. A gruta esconde belezas incríveis; é possível entrar no início dela, mas para conhecê-la por dentro mesmo, só acompanhado com alguém da equipe local do balneário.

“As melhorias servirão como incentivo ao turismo na região e também ao escoamento dos produtos agrícolas, especialmente da agricultura familiar”, explica a secretária de Estado da Infraestrutura, também presidente da Ageto, Juliana Passarin.

 

Post Anterior

IMPACTO DO CORONAVÍRUS NA CHINA PODE AFETAR SETORES DA INDÚSTRIA NO BRASIL

Próximo Post

Suspeito de violência doméstica é preso pela Polícia Civil