0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 07/06/2022 09:20

Com a transferência digital de veículos, não existe mais a necessidade de comparecimento a um cartório para o reconhecimento de firma ou firmar contrato em papel.

A novidade só poderá ser utilizada se o Detran do seu estado já aderiu ao novo sistema de transferência de propriedade digital e é realizada através do aplicativo da Carteira Digital de Trânsito (CTD).

Os estados que já utilizam a transferência digital são:

Vídeo relacionado: Como aderir ao débito direto no Portal das Finanças? Vídeo da AT explica

  • Acre
  • Ceará
  • Mato Grosso do Sul
  • Paraná
  • Pernambuco
  • Rio de Janeiro
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Roraima

Como funciona a transferência digital

A Autorização para Transferência de Propriedade de Veículos (ATPV-e) pode ser realizada por qualquer proprietário de veículo que tenha documentação digital, obrigatório para carros saídos de fábrica ou transferidos a partir do dia 4 de janeiro de 2021.

O vendedor deve acessar o aplicativo da CDT para registrar a intenção de venda, onde será preciso:

  • Preencher as informações do veículo;
  • Informar o CPF do comprador;
  • Assinar digitalmente a operação.

Após esse processo o comprador será notificado pelo aplicativo sobre a intenção de venda e deverá repetir o mesmo procedimento. Após isso, a autorização será encaminhada ao sistema do Governo Federal.

Para finalizar a transferência, o comprador deverá entrar em contato com o Detran do seu estado para realizar o agendamento da vistoria e concretizar a transferência do veículo.

Para realizar a transferência de veículos digital é necessário que os usuários, vendedor e comprador, tenham o login qualificado na plataforma gov.br, ou seja, devem ter ao menos o nível prata. Confira aqui um guia do Governo Federal que explica como alcançar esse nível em seu acesso.

 
Post Anterior

Polícia Federal investiga envolvidos em sequestro relâmpago de agente dos Correios no norte do Tocantins

Próximo Post

Vacina de spray nasal: entenda o imunizante que pode acabar com a pandemia

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.