0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 22/09/2020 16:24

Depois de quase 120 dias sem chuvas significativas na maior parte do Tocantins, o tempo nublado e algumas garoas em áreas isoladas trouxeram um alento e a esperança de mais chuva para os próximos dias para amenizar o calor de 40º. Em Palmas, a última chuva havia sido registrada no dia 29 de maio passado. 

O meteorologista do Núcleo de Meteorologia e Recursos Hídricos (Nemet/RH) da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), professor doutor José Luiz Cabral, lembra que a chegada da primavera é sempre marcada por mudança do tempo. “É um mês de transição, e já se começa a preparar a atmosfera para o início do período chuvoso”, explica.

O meteorologista diz que a instabilidade deve seguir nos próximos dias, com chuvas pontuais, porém nada garante que já seja o início do período chuvoso no Estado, podendo estar relacionada ao que popularmente é chamada de “chuva do pequi”. Sobre o volume de chuva, o pesquisador fala que não foi possível contabilizar, pois nenhuma caiu sobre as estações meteorológicas do Nemet/RH.

Professor Cabral fala sobre previsão de chuvas para o Estado. Foto: Reprodução.
Chuvas também foram registradas em municípios das regiões Sul e Sudeste do Tocantins, havendo, inclusive, alerta do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) para o risco de temporais com chuvas de 20 a 30mm e ventos fortes – 40 a 60 km/h. 
No Tocantins, o clima que predomina é o tropical, e esse apresenta duas estações bem definidas, uma seca e uma chuvosa. A primeira vai de maio a outubro, enquanto a chuvosa de novembro a abril. 
O Nemet/RH desenvolve trabalhos de monitoramento climatológico e disponibiliza à sociedade, via internet, a previsão do tempo para os sete dias da semana para todos os 139 municípios do Tocantins e a previsão do clima para três meses de todas as regiões do Tocantins. Veja aqui

Post Anterior

Energisa entrega ventiladores pulmonares para o tratamento da Covid-19 no Tocantins

Próximo Post

Vice-governador apresenta ações de combate à pandemia e incêndios florestais no 21° Fórum de Governadores da Amazônia Legal