0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 13/05/2020 14:44

Nesta quarta-feira, 12, o boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde trouxe 108 novos casos para Covid-19 no Tocantins. Com isso, o estado contabiliza 932 casos. 

Os novos casos foram registrados em Araguaína (39), Axixá do Tocantins (03), Cariri do Tocantins (05), Colinas do Tocantins (02), Darcinópolis (02), Fátima (01), Goiatins (01), Gurupi (04), Miranorte (01), Nova Olinda (16), Palmas (21), Paraíso do Tocantins (03), Ponte Alta do Tocantins (02), Porto Nacional (01), São Bento do Tocantins (01), São Miguel do Tocantins (05) e Tocantinópolis (01). 

Óbitos Tocantins

• Paciente do sexo masculino, 84 anos, residente de Araguaína, hipertenso e tabagista, morreu no dia 12 de maio, no Hospital Dom Orione (HDO).

• Paciente do sexo masculino, 79 anos, residente de Araguaína, hipertenso, morreu no dia 12 de maio, no Hospital Dom Orione (HDO).

• Paciente do sexo masculino, 83 anos, residente de Araguaína, hipertenso, morreu no dia 12 de maio, no Hospital Dom Orione (HDO).

• Paciente do sexo feminino, 43 anos, residente de Axixá do Tocantins, diabética, morreu no dia 10 de maio, no Hospital Dom Orione (HDO).

• Paciente do sexo masculino, 52 anos, residente de Palmas, portador de epilepsia, cadeirante e com sequelas de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), morreu no dia 12 de maio, em hospital particular.

• Paciente do sexo masculino, 59 anos, residente de Tocantinópolis, hipertenso, morreu no dia 12 de maio, no Hospital Municipal da Cidade.

• Paciente do sexo masculino, 43 anos, residente de São Miguel do Tocantins, hipertenso, morreu no dia 07 de maio, em Imperatriz (MA).

Caso confirmado de outro Estado

Foram diagnosticados pelo Lacen cinco casos positivos do novo Coronavírus (Covid-19) para os estados de Minas Gerais, Maranhão e Pará. Atualmente, o Tocantins contabiliza 21 óbitos, 154 casos recuperados e 757 pacientes ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar.

Post Anterior

Governo prorroga parcela de tributos que vencem em maio, junho e julho

Próximo Post

CCJ aprova pagamento de insalubridade a todos os profissionais da saúde do TO