0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 14/06/2019 17:40

O desconto Tarifa Social de Energia Elétrica tem transformado a vida de mais de 120 mil tocantinenses que possuem o benefício e que, como a dona Roseni Batista Alexandre, de Axixá, usam essa economia em favor do orçamento doméstico. “Tenho o benefício há cerca de três anos e consegui economizar ainda mais com a troca de lâmpadas e orientações do projeto. Minha conta caiu de R$ 60,00 para R$ 15,00”, destaca Roseni, completando que esse dinheiro que economiza ela usa em outras despesas da casa.

Cliente da Energisa que é beneficiado com a Tarifa Social de Energia Elétrica precisa atualizar o cadastro no Centro de Referência de Assistência Social – CRAS ou na Prefeitura do Município a cada dois anos ou sempre que for convocado

Para garantir esse benefício, dona Roseni e os demais clientes da Energisa cadastrados na Tarifa Social devem ficar atentos. Mais de 14 mil beneficiados no Tocantins precisam fazer o recadastramento na Tarifa Social de Energia Elétrica este ano. Os clientes que ainda não fizeram o recadastramento estão sujeitos a perder o desconto de até 65% na conta de luz.

Para garantir o benefício, os clientes devem procurar o Centro de Referência de Assistência Social – CRAS ou a Prefeitura do Município para efetuar o recadastramento e depois entrar em contato com a Energisa por meio do 0800 721 33 30 com o número do NIS, número da Unidade Consumidora e documentos pessoais (RG e CPF). 

Mauro Inácio dos Santos, gerente de serviços comerciais da Energisa reforça o compromisso da distribuidora em estar sensibilizando o cliente para o recadastramento. “Sabemos da importância deste benefício para o equilíbrio do orçamento doméstico das famílias de baixa renda. Por isso, estamos com nossas equipes mobilizadas em informar aos nossos clientes, por carta e em nossas agências, a importância desta atualização cadastral”, explica.

Nossa Energia

Os clientes que ainda não têm a tarifa social, mas se enquadram nos critérios do programa, podem fazer o cadastro no projeto Nossa Energia, que percorre o Tocantins com serviços e atividades educativas sobre o uso de energia elétrica.

No caminhão, o cliente pode trocar lâmpadas comuns por de LED, que são 30% mais econômicas, se informar em palestras sobre segurança com a rede elétrica e ainda, aprender como economizar energia.  E a noite, o caminhão vira um cinema em praça pública, com a sessão gratuita e ainda há entretenimento e arte com o grupo Lonáticos Cia Circense.

O caminhão estaciona na próxima segunda-feira, 17, em Tocantinópolis, onde fica até o dia 19. Em seguida será a vez de Pequizeiro, nos dias 24 e 25. Neste mês, o projeto já esteve em Axixá do Tocantins, Itaguatins e Cachoeirinha. Antes, em maio, foram visitadas as cidades de Novo Acordo, Monte Santo, Divinópolis e Santa Rosa.

Critérios da Tarifa Social

Para ter direito ao benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica, o cliente precisa estar inscrito e com os dados atualizados no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Também é necessário ter uma renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional, ser indígena ou quilombola. Ou ainda, famílias inscritas no Cadastro Único com renda mensal de até três salários mínimos – que tenham portador de doença ou deficiência cujo tratamento necessite de aparelhos que demandem energia – ou ainda que recebam o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social.

Post Anterior

Secretário da Infraestrutura apresenta projetos para Agência de Cooperação Internacional do Japão

Próximo Post

Cerca de cinco mil pessoas foram às ruas nas manifestações da greve geral em Palmas