0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 24/05/2018 12:08

O vídeo de um homem com camiseta azul rasgada viralizou nos grupos de mensagens instantâneas nesta quinta-feira, 24, logo depois do acidente de trânsito que matou o jovem Daniel Weverton, de 23 anos, na avenida Teotônio Segurado, perto do cruzamento com a LO-29.

O homem que aparece no registro é Nelcivan Costa Feitosa, cabo da reserva. Ele conta no vídeo que estava tentando mostrar o que aconteceu com o motoqueiro quando foi “agredido por guardas metropolitanos”. Acompanhe. 

Na página pessoal do cabo, numa rede social, um vídeo mostra o que teria acontecido. O registro com a legenda “apanhei dos guardas metropolitanos para não mostrar o acidente na LO-29 com morte”, já recebeu mais de 100 compartilhamentos e foi visualizado por pelo menos três mil pessoas. Vários comentários reprovaram a atitude dos agentes públicos.

Feitosa é um dos moradores da região que cobram a instalação de semáforos no cruzamento da Avenida Teotônio Segurado com a LO-29, como alternativa para ajudar a reduzir índice de acidentes no local. 

O Portal Orla Notícias já entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura de Palmas sobre a suposta agressão dos agentes contra o cabo aposentado e aguarda a manifestação da Guarda Metropolitana da capital. 

Post Anterior

"O Tocantins está representado na nova diretoria da CNM", diz Jairo Mariano presidente da ATM recém empossado na Confederação Nacional de Municípios

Próximo Post

"Não contava com o alarme" ladrão arromba distribuidora de bebidas com chave de fenda e é preso pela PM