0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 13/05/2022 14:44

ministro do STF Nunes Marques suspendeu há pouco julgamento no plenário virtual para referendar liminar concedida pelo ministro Gilmar Mendes, que autoriza a realização de uma eleição indireta para o governo de Alagoas.

Apesar do pedido de vista de Marques, a eleição indireta no estado está mantida e será realizada neste domingo.

O favorito para vencer as eleições indiretas é deputado Paulo Dantas (MDB), aliado de Renan Calheiros e o PP de Arthur Lira, inimigo de Renan, ingressou com uma ação no STF para tentar interromper o pleito, alegando vícios no processo.

Antes da suspensão do julgamento quatro outros ministros haviam referendado a decisão de Gilmar, liberando as eleições locais: Edson Fachin, Dias Toffoli, Alexandre de Moraes e Ricardo Lewandowski.

Post Anterior

Governo Bolsonaro vai ao STF para obrigar estados a reduzir valor do ICMS

Próximo Post

Nunes Marques pede vista e adia julgamento sobre eleições indiretas de Alagoas

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *