0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 14/07/2022 18:00

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber ordenou que a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifeste sobre uma denúncia feita pela oposição contra o presidente Jair Bolsonaro, por suposta prática de crimes de ódio.

Rosa, que assumiu o plantão da Suprema Corte, disse que é a PGR de Augusto Aras a responsável pela análise se houve ou não crime.

Os líderes da oposição no Congresso creditam diretamente a Bolsonaro a escalada de violência. “Como se pode observar, as condutas do representado, praticadas de forma reiterada, para além de ameaçarem a ordem democrática e a integridade física dos brasileiros, configuram, em tese, crimes definidos no Código Penal e em legislação especial.”

Post Anterior

“Cúmulo do extremismo da boçalidade”, diz Bolsonaro, sobre juízes eleitorais

Próximo Post

Urgente : PEC que amplia o Auxílio Brasil é promulgada