0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 04/05/2022 14:04

deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) se recusou hoje pela manhã a receber uma intimação do ministro do STF Alexandre de Moraes, determinando que ele reinstale a sua tornozeleira eletrônica, que está desligada desde 17 de abril.

A intimação foi expedida ontem pelo ministro e hoje, no início da tarde, a oficial de Justiça Doralúcia das Neves Santos tentou cumprir a determinação do STF, mas sem sucesso.

“Deixei de intimar o excelentíssimo deputado Federal Daniel Lúcio da Silveira, uma vez que – ao encontrá-lo e me identificar como oficial de Justiça do STF – ele se recusou a receber o mandado e ainda afirmou que ‘não vai mais usar tornozeleira, pois está cumprindo o Decreto do Presidente da República’. Devolvo o presente mandado, submetendo esta certidão à apreciação superior”, escreveu a analista em comunicação encaminhada há pouco ao ministro Alexandre de Moraes.

Como noticiamos, Silveira foi condenado a pagar multa de R$ 405 mil por descumprimento de medida cautelar e teve seus bens bloqueados para cumprimento de medida judicial.

Post Anterior

É preciso reduzir inflação, aumentar salários e recuperar a educação, diz Lula em entrevista

Próximo Post

Contrato entre Governo do Tocantins e Banco do Brasil, no valor de R$ 230 milhões destinados a obras de pavimentação e ao HGA, deve ser assinado no final de maio