0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 29/08/2019 17:44

A parceria entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Organização Internacional do Trabalho trouxe uma nova oportunidade de inserção no mercado de trabalho a 56 jovens egressos do sistema prisional. Eles participaram do Projeto Começar de Novo iniciado em março e encerrado nesta quinta-feira, 29/08, com a solenidade de entrega dos certificados para as três turmas concluintes.

O projeto teve como objetivo ofertar aos jovens e adultos do sistema prisional e egressos acesso a cursos de qualificação profissional com vista a socialização e ressocialização. As atividades e o encerramento foram realizados no Centro de Educação e Tecnologia do SENAI. A diretora regional do SENAI Tocantins e o presidente do SINDIREPA/TO, José Febrônio da Silva, representaram o SENAI e o Sistema FIETO na ocasião.

Foi ofertada, por meio do projeto, qualificação para os cursos de Mecânico de Motocicletas, Mecânico em Refrigeração e Climatização Residencial e Pintor de Obras. Uma das propostas da abordagem dos temas é levar os alunos a mobilizarem conhecimentos técnicos e desenvolverem atitudes empreendedoras para que sejam inseridos com celeridade no mercado de trabalho. Também com esta finalidade, os alunos participantes ganham um kit com materiais para empreender.

Participaram da solenidade a subprocuradora Geral do Trabalho, Edelamare Melo, o representante da OIT, Mateus Lourenço, o procurador chefe do Ministério Público do Trabalho no Distrito Federal e Tocantins, Erlan do Prado, o coordenador do Ministério Público do Trabalho e Procurador em Palmas, Paulo César Carvalho, a defensora Pública, Téssia Carneiro, o procurador da República em Marabá- PA, Lucas de Freitas,  os procuradores do Ministério Público do Trabalho em Marabá-PA, Juliana Mafra e Luisa Anabuki, o gerente do SEBRAE, Joaquim Quinta Neto e a gerente do SENAC, Fabiola Nunes.

Post Anterior

Tecnologia; Cultivo protegido de hortaliças mantém produtividade e qualidade dos alimentos

Próximo Post

Palmas terá reforço na vacinação do sarampo no sábado, 31

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *