0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 03/06/2022 15:31

Um grupo de sete senadores sugeriu a ministros do STF que a Corte abra diálogos permanentes e diretos com militares, e outras instituições da República, para proteger o processo eleitoral brasileiro dos ataques de Jair Bolsonaro.

O apelo foi feito durante um jantar oferecido pela ministra Cármen Lúcia. A intenção é construir uma ponte entre o Legislativo e o Judiciário: a expectativa é que os presidentes da duas Casas, Rodrigo Pacheco (PSD-MG) e Luiz Fux, trabalhem nesta articulação.

Post Anterior

Finais dos Jogos do Trabalhador do SESI ocorrem neste sábado, 04

Próximo Post

Jair Bolsonaro não pretende ir às sabatinas com presidenciáveis

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.