0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 26/07/2021 15:15

O senador Jorge Kajuru (Podemos-GO) afirmou que o “Centrão está no comando” do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Em entrevista à Jovem Pan, o congressista disse que a gestão passa pelo seu pior momento.

“Saber que o Ciro vai para Casa Civil é baixar o nível ao subterrâneo. O Centrão está no comando. E o Bolsonaro vai acabar indo para o PP”, declarou.

O senador por Goiás disse que a nomeação de membros do Centrão pode trazer mais problemas ao Planalto. “A chance de colocar o Centrão nesses postos do governo e trazer corrupção para dentro do governo é muito grande”, afirmou sobre a iminente alçada do senador Ciro Nogueira (PP-PI) à Casa Civil.

Ainda sobraram críticas em relação ao trabalho de Bolsonaro no combate a pandemia da covid-19. O ex-jornalista disse que é possível culpar o presidente pelo o que ele considera um trabalho ruim no enfrentamento ao coronavírus. Também reprovou o comportamento do mandatário em relação à comissão que apura as ações do governo em relação à pandemia.

Segundo Kajuru, a CPI (comissão de inquérito parlamentar) da Covid vem mostrando atos de corrupção no governo e mais “escândalos” no Ministério da Saúde, então comandado pelo general Eduardo Pazuello.

Outros cargos são alvos de ataque do senador. Ele considera o ministro André Mendonça (AGU) inapto para assumir uma cadeira no STF (Supremo Tribunal Federal), mas disse não se importar na religião do ex-ministro da Justiça.

Quanto à recondução de Augusto Aras à PGR (Procuradoria Geral da República), Kajuru foi mais enfático, o chamando de “engavetador” e que ele faria parte da “cozinha do presidente”.

Ele resumiu: “São 2 péssimos nomes”. E completou: “Bolsonaro está acuado e começou a cometer um erro atrás do outro”.

Post Anterior

Inflação e desemprego afetam até o básico feijão com arroz na pandemia

Próximo Post

Ciro Nogueira tentará reconstruir diálogo de Bolsonaro com STF