0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 08/12/2020 15:48

O Secretário de Saúde do Tocantins, Dr. Edgar Tollini, participou nesta terça-feira, 08, na Assembleia Legislativa (AL), da Audiência Pública de prestação de contas dos recursos da saúde do 1º e 2º Quadrimestres de 2020.

Os números foram  expostos na Comissão de Finanças, Tributação, Fiscalização e Controle, da Casa de Leis.

Participaram da audiências os deputados Nilton Franco, Valderez Castelo Branco, Elenil da Penha, Zé Roberto, Vanda Monteiro, Ivory de Lira, Junior Geo, Cleiton Cardoso, Olyntho Neto, além da Promotora de Justiça responsável pelas questões afetas à Saúde pública, Dra. Araína D’Alessandro.

“A Secretaria têm como primazia, a transparência. Sabemos da nossa responsabilidade, e buscamos apresentar com clareza para os deputados e  a sociedade os gastos feitos. E esse detalhamento faz uma diferença, para saber onde estão os nossos gargalos”, explica o secretário. 

O orçamento aprovado da SES em 2020, foi de R$1.713.196.009,00. Durante a audiência, foram apresentados os gastos e investimentos na saúde do Tocantins nos primeiros meses deste ano. A previsão anual de 2020 era aplicar 16,37% de recursos próprios em saúde, entretanto, já no segundo quadrimestre a SES aplicou 17,61%, superando a meta estabelecida.

Audiência Pública na Assembleia Legislativa. Foto: André Araújo

O Tocantins também superou nos dois quadrimestres, as metas de taxa de mortalidade infantil, redução ao ano da proporção de nascidos vivos de mães adolescentes de 10 a 19 anos e zerou fila da hemodiálise. Quanto à qualificação profissional, a SES, nos primeiros meses de 2020, promoveu, seguindo os protocolos de prevenção à Covid-19, 202 capacitações nas unidades administradas pela Secretaria.

Ações no enfrentamento à Covid-19

A SES, desde o início da pandemia do novo Coronavírus, trabalha de maneira proativa e responsável no combate a doença. O Tocantins não encaminhou nenhum paciente acometido pela Covid-19 para outros Estados da federação. Porém, a Secretaria esclarece que as unidades hospitalares tocantinenses receberam pacientes de pelo menos quatro Estados.

O Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins (Lacen-TO) têm sido referência  no país, e atualmente realiza 2.000 testagens diárias em Palmas e 300 em Araguaína, sendo os resultados dos exames disponibilizados em 24 horas. O Tocantins também é destaque pelos leitos montados para o enfretamento à Covid-19. Em Augustinópolis, por exemplo, foram instalados 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 

Post Anterior

Atrativos do Jalapão registra aumento no fluxo de turistas no mês de novembro

Próximo Post

E de dar água na boca: 3ª edição do Festival do Chambari começa nesta sexta, 11, em Paraíso