0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 31/05/2022 15:20

Ciro Gomes criticou mais uma vez a privatização da Eletrobras. No Twitter, ele escreveu que o processo, já aprovado pelo TCU, vai “internacionalizar” a empresa, “entregando aos estrangeiros o regime de águas do país”.

“A privatização da Eletrobras é um crime! E não é porque eu sou ideologicamente contra. É porque privatização no caso brasileiro, levando em consideração o baixíssimo nível de capital nacional, significa internacionalizar. A peculiaridade da matriz energética brasileira, diferente da Alemã, por exemplo, é que ela é extensamente de base hidráulica. Ou seja, se eu entrego ao capital estrangeiro a minha companhia de geração e distribuição de energia, na prática, eu estou entregando aos estrangeiros o regime de águas do país.”

Post Anterior

Estado precisa garantir qualidade de vida para conter a violência, diz Lula

Próximo Post

“Me coloco à disposição de qualquer órgão público”, diz Gusttavo Lima em live

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.