0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 22/03/2021 15:51

A tempo que cada uma das vacinas contra a Covid-19 leva para fazer efeito tem levantado muitas dúvidas.

Estudos  já esclareceu que “só se deve considerar protegido da doença sete dias depois de tomar a segunda dose da vacina”, pois esse é “o período que dá garantia de uma resposta robusta por parte do seu sistema imunitário”.

Contudo, esse tempo pode depender da vacina administrada.

Neste domingo, no Twitter, o ministério da Saúde espanhol revelou quantos dias pode levar a fazer efeito cada uma das vacinas administradas. De acordo com os governantes, a vacina da Pfizer/BioNTech leva sete dias após a segunda dose. A vacina da Moderna pode levar 14 dias, após a segunda dose e a da AstraZeneca/Oxford  28 dias, também só depois da segunda dose.

Já a vacina da Janssen leva 14 dias a fazer efeito, após a administração da primeira dose.

A coronavac  a proteção começa, em média, duas semanas após a aplicação da segunda dose no paciente.

Recorde-se que, mesmo após ser vacinada, a pessoa deve continuar a observar todas as medidas preconizadas para a sua proteção e contenção da transmissão, incluindo o uso de máscara.

Além do tempo que a vacina leva a fazer efeito, desconhece-se ainda se estar vacinado impede infecção assintomática, clarifica a DGS de Portugal em seu site oficial. As vacinas conferem proteção contra a doença, mas não se sabe se protegem também contra a infecção e a possibilidade de mesmo sem sintomas transmitir o vírus a outro. As máscaras e o distanciamento evitam que possamos infectar outras pessoas caso sejamos portadores do vírus sem o saber.

Neste momento, ainda segundo a DGS, não é possível avaliar por quanto tempo essa proteção irá se manter, se haverá necessidade de administrar reforços e qual a sua periodicidade.

Post Anterior

Aliança do Centrão com Bolsonaro está estremecida

Próximo Post

Pressão por vacina junta banqueiros e economistas