0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 24/11/2021 10:55

Em entrevista a William Waack, da CNN, na noite desta terça-feira (23), Sergio Moro afirmou que é “forçoso reconhecer” que o STF cometeu um “gritante erro judiciário” ao anular a condenação de Lula, levando o processo do petista à estaca zero.

O ex-juiz da Lava Jato também atribuiu a “falsas narrativas” a acusação de que não seguiu a lei em suas decisões Moro foi considerado “parcial” em decisão do Supremo.

Foto: Capturada da internet.

Moro afirmou ainda que Lula se atribuir o status de “preso político” é uma dessas “versões alternativas”. “Tomei a decisão [de condená-lo] com a consciência tranquila, porque era o que determinavam as provas”. Disse também que o petista “foi poupado de derrota” porque os brasileiros tinham lembrança das corrupção e da recessão nas gestões do PT.

O ex-ministro da Justiça de Jair Bolsonaro alegou que uma das motivações para aceitar o cargo foi evitar que a Lava Jato tivesse mesmo destino da Operação Mãos Limpas.

Post Anterior

Condomínios podem impedir locação pelo Airbnb, conforme decisão do STJ

Próximo Post

Prazo para atualização cadastral de feirantes termina na sexta, 26

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *