0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 03/10/2019 14:42

Representantes da Polícia Militar do Tocantins participaram de uma audiência pública para discutir sobre segurança pública no território indígena da Ilha do Bananal. O encontro aconteceu nesta última quarta-feira, 02, na câmara municipal da cidade de São Félix do Araguaia, no Mato Grosso.

Participaram da audiência representantes da PMTO, PMMT, PCTO, PCMT, Ministério Público Federal, Ministério Público do Estado do Mato Grosso, Funai, líderes indígenas das aldeias Carajá e Javaé e comunidade local.

As reclamações apresentadas foram referentes a dificuldade de atuação dos órgãos ligados à segurança pública no interior da Ilha do Bananal, onde estão localizadas as terras indígenas. Nos encaminhamentos finais, foi proposto um Termo de Cooperação entre as instituições policiais de ambos os Estados para atuação na região da Ilha, bem como um Termo de Cooperação entre os poderes judiciários do Tocantins e Mato Grosso para que haja maior efetividade e celeridades das questões que demandarem atuação daqueles órgãos. Além disso, foi sugerida a criação de um Conselho de Segurança – CONSEG e capacitação da comunidade local e líderes indígenas para atuação no referido conselho. “A integração entre os órgãos ligados à segurança pública em ambos os Estados permitirá uma maior eficácia na fiscalização de crimes penais e ambientais na região da Ilha do Bananal”, destacou o coronel Jaizon.

Post Anterior

Campanha Outubro Rosa: corrida, palestras e blitz educativa serão realizadas em Araguaína

Próximo Post

Seminário de Marketing Digital irá reunir importantes nomes na Arena do Conhecimento

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *