0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 20/07/2020 15:13

O preço do bezerro bateu o recorde da série histórica em São Paulo e já supera R$ 2.000 por cabeça, segundo o levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada.

No último dia 6 de julho, a cotação chegou a um valor máximo de R$ 2.066,05 e fechou nesta segunda, 13, em R$ 2.054,66. A média para o mês de julho está em R$ 2.039 por cabeça.

O pico anterior da série havia sido registrado na média de maio de 2015, em R$ 1.950. As médias mensais foram atualizadas pelo IGP-DI mensal para possibilitar a comparação com preços antigos.

Yago Travagini, analista de mercado da Consultoria Agrifatto, considera a restrição de oferta como a principal causa que explica as altas nos preços tanto da arroba do boi gordo quanto no mercado de reposição, seja boi magro, bezerro ou fêmeas.

Segundo ele, está difı́cil encontrar animal no mercado e, consequentemente, os preços sobem em todas as categorias, seja nos animais mais novos ou nos mais velhos.

O analista explica que isso deve ao fato de que, em 2018, com o preço do bezerro muito barato, o produtor achou vantajoso vender vaca para fazer caixa, gerando diminuição da produção de bezerro agora.

Dessa forma, há falta de animais de reposição para atender o mercado interno e externo, principalmente.

Post Anterior

Economistas veem contração de menos de 6% da economia este ano

Próximo Post

Governo rejeita mudança para financiar o Sistema “S”

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *