0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 09/12/2019 15:11

Os vereadores da Comissão de Finanças, Tributação, Fiscalização e Controle da Capital aprovaram, em sessão extraordinária, o relatório final da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do exercício financeiro de 2020.

A Comissão aprovou a lei com seis emendas, sendo uma delas redacional, uma modificativa, uma emenda Aditiva, além de três substitutivas e não houve emendas individuais. “Conseguimos apontar soluções para problemas que o município vinha enfrentando, principalmente com relação ao financiamento da saúde. O orçamento de 2020 será focado em resolver os problemas da cidade, garantir médicos e uma melhor qualidade em todos os serviços prestados para população. A educação também passa por uma situação bem melhor em relação as suas dívidas, se comparada aos anos anteriores. Conseguimos avançar, estabelecendo regras claras para o pagamento das despesas de exercício anteriores; agora é obrigatório obedecer à ordem cronológica para os pagamentos”, analisou o relator da LDO, Milton Neris (Progressistas).

O projeto agora segue para apreciação e votação em plenário, em turno único, cuja inclusão em pauta está atrelado a decisão da presidência da Casa legislativa e a regras regimentais.

Post Anterior

Comitiva tocantinense tem agenda de reuniões e encontros agendados na COP 25

Próximo Post

Leilão Pecuária Solidária arrecadou R$ 701 mil que serão doados para obras do Hospital de Amor do Tocantins