0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 24/04/2019 17:14

Será realizada nesta quarta-feira, 24, a partir das 19 horas, no Memorial Coluna Prestes, a apresentação do potencial da região das Serras Gerais. Na programação, estão previstas apresentações de do teatro “Retalhos de Arte” do Rio da Conceição, capoteria de Dianópolis, Suça de Natividade, Orquestra Sanfônica e Catarina de Arraias e Catira de Almas. Além disso, os visitantes poderão participar de uma degustação de pratos da gastronomia regional e exposição de artesanatos. 

A abertura do evento ficará por conta do presidente Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra, que ministrará palestra com o tema “O papel do Estado na articulação do turismo nas Serras Gerais”. Já o coordenador da Cadeia Produtiva do Turismo do Sebrae/TO, Alex Veras Dias, e a consultora em Desenvolvimento de Territórios Turísticos do Sebrae/TO, Tatiana Fernandez, apresentarão ações de ordenamento das Serras Gerais.

O potencial turístico da região será o tema apresentado por Roosevelt Moldes, coordenador do curso de Turismo Patrimonial e Socioambiental da Universidade Federal do Tocantins (UFT), campus de Arraias. Fernanda Tainã Castro, vice-presidente do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), de Rio da Conceição, dará uma visão geral sobre o trade turístico dos oito municípios. 

Serras Gerais

Suça em Natividade. Foto: Emerson Silva/Divulgação.

Oito municípios integram a região das Serras Gerais são eles: Arraias, Almas, Aurora, Dianópolis, Lavandeira, Rio da Conceição, Natividade e Taguatinga. Localizado na região sudeste do Tocantins, a 360 km de Palmas, a região das Serras Gerais é composta de rios de águas caudalosas, cachoeiras, lagoas, cânions, cavernas, mirantes e vales. Esses locais estão ganhando destaque e integram os novos roteiros de ecoturismo propostos pelo programa de incentivo ao turismo, implementado em dez cidades do sudeste tocantinense.

A região está situada entre os municípios de Aurora do Tocantins e Taguatinga. As Serras Gerais do Tocantins fazem parte da maior cadeia de serras do Brasil e, além das maravilhas naturais, guardam tradições, arquitetura colonial, história e cultura como as Cavalhadas, as festas do Senhor do Bonfim e do Divino Espírito Santo, entre outras festas folclóricas e religiosas herdadas do colonialismo e da era do ciclo do ouro.

Programação

19h às 20h

  • Abertura
  • Apresentação: A Região Turística – Serras Gerais
  • O Trade Serras Gerais – Um representante do Trade
  • Ações de ordenamento das Serras Gerais  – Sebrae/TO
  • O Potencial Turístico – UFT/Arraias  
  • O papel do estado na articulação do turismo nas Serras Gerais – Tom Lyra

20h às 21h30 – Apresentação cultural:

  • Teatro – Retalhos de Arte – Rio da Conceição
  • Capoterapia – Dianópolis
  • Suça – Natividade
  • Orquestra Sanfônica e Catarina – Arraias
  • Catira – Almas

21h30 às 22h30 –  Degustação/artesanato

Post Anterior

Visitantes poderão conhecer espécie clonada de capim elefante na Agrotins 2019

Próximo Post

Opinião: Unificação das eleições e fim da reeleição - o necessário reordenamento do Processo Eleitoral Brasileiro, por Jairo Mariano