0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 14/07/2020 14:49

O Governo do Estado decidiu nesta última segunda-feira, 13, adiar, por tempo indeterminado, a reabertura do Parque Estadual do Jalapão (PEJ) para visitação turística.

A medida foi anunciada pelo secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços e presidente da  Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra, e pelo secretário de Estado da Saúde, Edgar Tollini.

O secretário Tom Lyra publicou um vídeo em que destacou que a medida foi tomada com base na manifestação contrária dos prefeitos de Ponte Alta, Mateiros e São Félix, que compõe a região do Jalapão, pela não reabertura do local para visitações turísticas. “O governador Mauro Carlesse recebeu a notícia de que os prefeitos não suspenderão os seus decretos para acompanhar o decreto de reabertura do Parque Estadual do Jalapão do Governo do Tocantins, a partir do dia 19 de julho de 2020”, informou.

A informação é que o Governo do Tocantins só voltará a tratar deste assunto novamente quando “os quadros da Covid-19 apontarem para uma maior segurança com protocolos adequados”.

“Discutimos hoje [segunda-feira] e vimos que a saúde sanitária neste momento é mais importante. Queremos deixar claro que tanto o Governador como a Secretaria de Estado da Saúde se preocupa com o cidadão tocantinense com a forma de assistência que vai ser prestada a ele”, garantiu o titular da Secretaria de Estado da Saúde, Edgar Tollini.

Entenda

O Governo do Tocantins estava discutindo a reabertura do Parque Estadual do Jalapão com os municípios da região e também com o trade turístico. Para a reabertura do parque, uma série de protocolos de segurança deveriam ser obedecidos, além da instalação de barreiras sanitárias, e ainda, o treinamento dos profissionais ligados ao setor sobre a implementação dos protocolos.

A proposta inicial era que os atrativos do PEJ controlados pelo Governo do Tocantins – Cachoeira da Velha/Prainha, Dunas e Serra dos Espírito Santo – poderiam ser reabertos aos turistas a partir do dia 19 de julho (próximo domingo). Com a decisão divulgada nessa segunda-feira, 13, as visitações turísticas seguirão suspensas.

Em março, logo após a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarar pandemia do novo Coronavírus, o governador Mauro Carlesse editou um decreto no qual suspendeu, por tempo indeterminado, as visitas aos parques estaduais do Jalapão; do Cantão; e de Lajeado, além do Monumento Natural das Árvores Fossilizadas, que são administrados pelo Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins).

Na ocasião, a determinação considerou a recomendação do Ministério da Saúde (MS) e da Secretaria de Estado da Saúde (SES) em reduzir o contato social para evitar a proliferação do vírus, uma vez que os locais recebem turistas advindos de muitas regiões do país com foco avançado de proliferação do Covid–19 e até mesmo de fora do Brasil.

Situação da pandemia nos municípios

De acordo com o último Boletim Epidemiológico divulgado pela SES nessa segunda-feira, 13, dos três municípios citados, apenas o de Ponte Alta possui [15] casos registrados de pessoas infectadas pela Covid-19. Em Mateiros e São Félix não há registros de pacientes com o novo Coronavírus.

Ainda conforme o Boletim Epidemiológico, não houve registro de nenhum óbito nos três municípios que compõem a região do Jalapão.

Post Anterior

Coronavírus: Tocantins contabiliza 416 novos casos nas últimas 24 horas em 53 municípios

Próximo Post

BRK diz que vai parcelar valor retroativo da taxa de esgoto em Palmas após solicitação do Procon