0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 27/04/2022 19:25

O Estado do Tocantins estará presente na edição comemorativa aos 30 anos do Rally Sertões. Ao longo de 15 dias, a prova vai passar pelas cinco regiões do Brasil, somando 7.216 km, dos quais 4.811km especiais. Neste ano, o foco estará nas trilhas inéditas do deserto do Jalapão, com parada para descanso em Palmas.

O anúncio oficial ocorreu na noite de terça 26, no Museu do Ipiranga, na Capital paulista, pois o rally também vai homenagear o bicentenário da Independência. O secretário de Cultura e Turismo Hercy Filho representou o Governo do Estado. “Estamos empenhados em apoiar, mais uma vez, a realização do Rally Sertões no Tocantins, mantendo esta parceria que tem praticamente a idade da competição”, comemora, ressaltando a promoção turística e os benefícios assistenciais resultantes desta iniciativa.

A caravana do Sertões ficará um dia na Região Sul (PR); um dia na Sudeste (SP); quatro dias na Centro Oeste (MS e MT); quatro dias na Região Nordeste (PI e MA), e cinco dias na Norte (TO e PA). Largada e chegada acontecerão em locais inéditos. Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, abre a competição no dia 28 de agosto. A chegada será no mar, em Salinópolis (PA), em 10 de setembro.

O deserto do Jalapão, já velho conhecido dos competidores, promete surpreender, pois a equipe técnica preparou uma seleção de trilhas inéditas, além de revisitar os melhores trechos da região percorridos nas competições anteriores. 

De acordo com a programação, os competidores chegarão em Palmas no dia 3 de setembro, após passagem por São Félix do Araguaia (MT), na margem oposta à Ilha do Bananal. No dia 4 seguirão para Mateiros, no Jalapão. De lá, seguem para o Piauí.

Ver a imagem de origem Ver a imagem de origem

 

Ver a imagem de origem

 

Post Anterior

Bolsonaro ataca Barroso, mas comete lapso: “Temos chefe de Executivo que mente”

Próximo Post

Bolsonaro diz que recebeu “informes” sobre possível prisão de Carluxo