0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 23/07/2019 10:20

Todos os anos neste mês de julho, centenas de pessoas vindas de várias regiões do Tocantins e de outros estados se aportam em Itacajá, em maior parte em busca de divertimento e muito agito e com o mesmo objetivo participar, “Rally das Aguas”,  assim há 19 anos acontece a festa  na cidade.

Tudo começou através de um pequeno grupo de amigos que decidiu descer o Rio Manoel Alves a bordo de uma bóia, a brincadeira com requintes de aventura e adrenalina deu tão certo que os amigos resolveram repetir o feito no ano seguinte, e com um número ainda maior de pessoas.

Da mesma forma em que aumentou o fluxo de aventureiros, também aumentou a criatividade, tornando o passeio ainda mais divertido. Bóias, colchões infláveis, botes, jangadas e até flutuantes com capacidade para até trinta pessoas, o percurso de pouco mais de 10 km se transforma em um desfile de cores e muito agito, sobre as embarcações, nas maiores portes são montados churrasqueiras, serviço de bar, algumas até com musica eletrônica e chuveiro.

Um verdadeiro “Carnaval fora de época” sobre águas mansas do rio Manoel Alves, os participantes se dividem em grupos e ou em blocos caracterizados, mas tem aquele que se arrisca sozinho a bordo de uma bóia e deixa se levar pela corrente do rio. As barrancas se transformam em arquibancadas para os índios da etnia krahô, os principais espectadores, uma vez que boa parte do trajeto é feito próxima das aldeias que ficam nas margens do rio.

Mas a movimentação começa mesmo no dia anterior, as equipes de participantes se revezam durante os preparativos na montagem das embarcações, tudo na base do improviso mesmo, são usados materiais metálicos e tambores plástico com cobertura de folhas de palmeiras,  as jangadas são montadas de acordo com o numero de participantes do grupo, com até 30 pessoas a bordo e suas alegorias.

 

Da largada ao ponto de chegada são cerca de 4 horas de navegação, na Orla da praia no centro da cidade de Itacajá, a multidão aguarda paciente o reencontro com os participantes. A festa se completa a noite  no palco montado para as apresentações de artistas nacionais e regionais.

E para o visitante que vai em busca de tranquilidade em meio a natureza, ele tem como opção a cachoeira dos Pinheiros que fica a cerca de 30 Km da cidade. De aguas cristalinas e uma paisagem intocável, o ambiente ainda é pouco visitado, é como uma recompensa  depois de vencer a estrada empoeirada e se refrescar do calor.

A equipe do Orla Noticias viajou a convite da ABRAJET/TO e da Prefeitura de Itacajá

 

 

 

 

     

Post Anterior

Balcão do Cidadão; Governo do Estado e Correios assinam protocolo de serviços

Próximo Post

Mantida a tradição e Miracaxi agrada público local e turistas