Home»Destaque»“R$30 conto por programa”: duas mulheres são presas por exploração sexual de adolescente

“R$30 conto por programa”: duas mulheres são presas por exploração sexual de adolescente

Atualizada em: 09/05/2019 12:18

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Em Alvorada, duas mulheres foram presas em flagrante suspeitas de exploração sexual na madrugada desta quarta-feira, 8. Uma denúncia foi feita do Conselho Tutelar da cidade, que encaminhou para a Polícia Civil. Uma adolescente de 17 anos, estava no local se prostituindo há cinco dias.

De acordo com a Polícia Civil, Foram presas a proprietária da “Casa de Prostituição”, de 50 anos e a garota de programa 19 anos, pelo crime de exploração sexual de adolescente. Ambas não tiveram o nome divulgado.

A adolescente contou que havia deixado a sua família em Anápolis (GO) e foi para Alvorada acompanhada da garota de programa. A mesma relatou ainda o recebimento de R$ 30 por programa.

Na Delegacia, a proprietária da casa de prostituição contou que suspeitava de que a jovem fosse menor de idade, inclusive, chegou a pedir que ela apresentasse o documento de identidade, mas acabou confiando na palavra da jovem, que dizia ter mais de 18 anos e teria esquecido o RG em casa.

Os policiais civis ainda encontraram uma pequena porção de maconha no interior do quarto onde a adolescente estava hospedada. Após os procedimentos policiais, as duas mulheres foram encaminhadas à Cadeia Feminina de Talismã/TO, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

Post Anterior

Policias buscam criminosos que fizeram família refém para assaltar banco em Araguatins

Próximo Post

A paixão pela costura é destaque entre jovens: conheça Vitória Wanessa