0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 05/04/2019 16:50

Imagens: Félix Carneio

Edição: Matheus Mourão

Entrevista a Rádio 105FM. Foto: Félix Carneiro/Orla Notícias.

secretário Estadual de Infraestrutura, Cidades e Habitação, Renato Assunção, concedeu entrevista a Rádio 105 FM na noite desta última quinta-feira, 04. Logo depois, ele conversou com o portal Orla Notícias

Secretário também conversou com o portal Orla Notícias. Foto: Félix Carneiro/Orla Notícias.

Na entrevista, o secretário adiantou os próximos passos em relação a ponte de Porto Nacional, interditada há quase 1 mês. De acordo com o gestor da pasta, um estudo completo sobre questões estruturais da ponte deve ser finalizado em cerca de 45 dias. Além disso, mergulhadores estão realizando uma análise subaquática. Confira

A ponte de Porto Nacional, na Rodovia TO-255 foi construída há cerca de 40 anos (março de 1979), ainda pelo governo de Goiás. Diante do agravamento da situação, e após recomendação do Ministério Público do Estado (MPE), o governador Mauro Carlesse, com base em análises técnicas, resolveu no dia 7 de fevereiro interditar, temporariamente, a ponte de Porto Nacional. A intenção é que sejam realizados os trabalhos de avaliação de segurança dos blocos, pilares, vigas e lajes, visando garantir a integridade dos usuários do local.  E a situação de emergência foi declarada no dia 12, em virtude da interdição da ponte, por meio do Decreto 5.907, foi publicado no Diário Oficial. Desde então, as travessias estão sendo realizadas por meio de balsas. 

 

‘Pilares comprometidos’: Seinf e Ageto apresentam relatório da ponte de Porto Nacional e estudam subsidiar parte da tarifa das balsas

Post Anterior

Marcelo Miranda: "A chama viva ainda não apagou!"; Confira na íntegra a entrevista do ex-governador à 105 FM

Próximo Post

Adetuc acerta últimos detalhes para implantação de novas linhas aéreas da companhia Azul