0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 27/07/2022 14:30

Integrantes da campanha lulista têm procurado o pré-candidato Luciano Bivar, da União Brasil, para convencê-lo a desistir de seu projeto presidencial em nome de um apoio petista na disputa pela presidência da Câmara, em 2023.

Emissários de Lula iniciaram uma ofensiva na semana passada e tentam articular uma reunião entre Bivar e o ex-presidente da República para discutir o assunto.

A ideia do PT é que Bivar retire sua pré-candidatura, dispute o cargo de deputado federal, e assim a União poderia compor uma aliança nacional com Lula já no primeiro turno. Essa é mais uma das investidas petistas contra os candidatos da chamada Terceira Via. Como registramos ontem, petistas procuraram PSDB e têm trabalhado pela desistência de Simone Tebet.

A ideia, contudo, enfrenta resistências internas de setores da União Brasil mais alinhadas ao bolsonarismo, que pretende ter liberdade para apoiar o atual presidente da República nos estados.

Outro fator que atrapalha as negociações, conforme foi apurado, é que uma eventual candidatura de Bivar à Presidência da Câmara é vista como um projeto com pouca possibilidade de sucesso, principalmente em uma briga direta com Arthur Lira (PP-AL).

Post Anterior

Estado entrega 10 leitos de UTI no Hospital Regional de Porto Nacional nesta quinta-feira, 28

Próximo Post

PSDB e Cidadania fecham apoio a Simone Tebet

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.