0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 20/03/2019 10:51

Já dura mais de 40 horas nesta quarta-feira, 20, o protesto que bloqueia a passagem de veículos no encontro de duas rodovias estaduais – TO’s 010 e 416 – no norte do Tocantins, a cerca de 500 km de Palmas, entre Wanderlândia e Ananás. A manifestação começou na tarde de segunda-feira, 19. O Portal Orla Notícias conversou com representantes dos municípios de Ananás e Riachinho, que estão no local. São comerciantes, empresários, políticos, estudantes e a comunidade em geral. A manifestação é pacífica. 

“Da outra vez que a gente se manifestou, fizeram um tapa-buracos mal feito e ficou pior a situação”, disse o autônomo Wilton Ferreira Rodrigues. “Para nós, o que resolve é desmanchar o que foi mal feito e fazer de novo”, reforçou. Segundo ele, não tem mais como trafegar na rodovia que liga Ananás a Wanderlândia. “Nós não sairemos daqui até atenderem nosso pedido”, contou.

Protesto de moradores interdita rodovia. Foto: Wilton Rodrigues/Você no Orla

Tendas foram montadas no cruzamento das duas rodovias e veículos impedem a passagem. Segundo os líderes do movimento, o tráfego pelas rodovias está prejudicado pela quantidade de buracos. 

A TO-010 é usada para escoar produção de grãos da região e liga os municípios do Bico do Papagaio à rodovia Belém-Brasília (BR-226).

Foto: Wilton Rodrigues/ Você no Orla

Por meio de nota, a Agência de Transportes e Obras(AGETO) disse ao Portal Orla Notícias que “está trabalhando na mobilização das equipes e que os serviços de manutenção do trecho da TO-010, entre Wanderlândia e Ananás, já consta na programação da Residência Rodoviária de Araguaína”.

Post Anterior

Quatro homens matam dono de bar com vários tiros no norte do Tocantins

Próximo Post

Você no Orla mostra 'dilúvio' em Taquaralto nesta quarta - veja vídeo e fotos