0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 02/08/2022 09:08

Faltando dois meses para as eleições de outubro, a “Bancada da Bala” tentará votar, pela terceira vez, um projeto de lei que aumenta a autonomia da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros e reduz o poder dos governadores para escolha dos comandantes-gerais das forças de segurança nos estados.

Está na pauta de amanhã da Comissão de Segurança da Câmara a análise de uma proposta que altera a Lei Orgânica da Polícia Militar e muda o rito de escolha dos comandantes das PMs e dos bombeiros.

Essa é uma antiga reivindicação das forças policiais nos estados e uma cobrança constante dos apoiadores de Jair Bolsonaro.

O texto que será analisado é de autoria do deputado José Nelto (Podemos-GO). O projeto foi protocolado em fevereiro de 2019, mas nos últimos dois meses ele passou a ter mais celeridade na comissão e já recebeu parecer favorável do relator, deputado bolsonarista Junio Amaral (PL-MG, foto).

No final do ano passado, o plenário da Câmara tentou votar uma proposta semelhante, mas o texto foi retirado de pauta em virtude da repercussão negativa da proposta.

Post Anterior

Estados e União começam hoje negociação no STF sobre regras do ICMS

Próximo Post

O empresário e pioneiro, Luiz Pires, radicado em Araguaína, é um dos homenageados em exposição fotográfica

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.