0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 14/02/2020 15:50

A pecuária de leite é uma das principais fontes da economia do Tocantins, aproveitando o potencial e tendo como proposta capacitar mulheres em atividades que, tradicionalmente, eram ocupadas por homens, a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas) e Sistema Nacional de Empregos (Sine), inicia nesta segunda-feira,17, os cursos de Produção de Derivados de Leite, em Dianópolis e Gurupi.

As capacitações são ações do Projeto Jeito de Mulher. O curso tem carga de 80 horas, e é composto de aulas teóricas e práticas, sobre produção de requeijão cremoso e em barra, mussarela, ricota, queijo frescal, queijo temperado e iogurte cremosinho.  As aulas inaugurais acontecem nos Sines locais, com inicio às 8h em Dianópolis e  às 15h em Gurupi.

Curso capacita para a produção de queijos, doces e iogurte Foto: Carlessandro Souza

 

O público alvo do projeto são mulheres preferencialmente de baixa renda, na condição de desemprego ou subemprego, e aquelas que almejam a inserção no mercado de trabalho para atuar em áreas consideradas tradicionalmente masculinas.

Jeito de Mulher

O Jeito de Mulher é um projeto de geração de emprego e renda executado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas)/Sistema Nacional de Emprego (Sine). A ação foi lançada no mês de março de 2016, em Gurupi, e sua primeira etapa foi executada entre 2016 e 2017.

O Projeto conta com recursos de mais de R$ 880 mil do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, com contrapartida e execução do Governo do Tocantins. Ao final serão atendidas 435 mulheres.

Cursos em Março

Produção de derivados do leite – Araguatins (02/03) e Guaraí (16/03).

Mecânica e Manutenção de Motocicletas – Gurupi (09/03)

Post Anterior

MPTO recomenda providências para a segurança no Hospital e Maternidade Dona Regina

Próximo Post

Tocantins participa da revisão de resolução que trata do funcionamento de Conselhos de Consumidores de Energia Elétrica