0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 09/10/2019 15:40

A partir desta quarta-feira, 09, o Procon Tocantins irá realizar operação de monitoramento dos preços da carne bovina na capital e em todo o Estado, com a intenção de acompanhar de perto as especulações sobre o aumento do preço do produto.

Para o superintendente do Procon, Walter Viana, os ruídos de aumento de preço da carne bovina não tem respaldo legal, considerando que a nova tributação está suspensa por determinação judicial. “Nesse sentido, nós vamos monitorar com o intuito de coibir qualquer tipo de aumento injustificado do preço do quilo da carne, tendo em vista que o decreto que suspendia os benefícios concedidos as empresas do setor, está suspenso por determinação judicial do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJ), e mesmo que estivesse ativa, somente teria validade a partir de 9 de novembro ”, explicou acrescentando que diante desses fatos não há justificativa para aumento de preços.

Foto: Procon/Governo do Tocantins.

Ao constatar qualquer irregularidade, o consumidor poderá formalizar as denúncias por meio do Disque Procon 151, ou por meio do Whats Denúncia no (63) 99216-6840 e também com os núcleos nos endereços disponíveis no link. O Procon explica ainda que é preciso checar bem as informações, apresentar comprovantes e fotos para subsidiar as ações de fiscalização.

Post Anterior

Vacina contra a febre aftosa poderá ser antecipada para animais que participarão de eventos pecuários no Tocantins

Próximo Post

Deputados destinam emendas para construção da nova cadeia pública de Augustinópolis