0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 28/07/2022 17:14

Presidente do PL, de Jair Bolsonaro, e ex-deputado condenado por corrupção no Mensalão, Valdemar da Costa Neto defendeu a urna eletrônica em uma nova peça de campanha do partido, que será divulgada a partir desta quinta-feira (28).

O vídeo foi gravado em setembro de 2021, no contexto da derrota no Congresso da proposta de incluir voto impresso na urna.

Entretanto, com a sua divulgação a partir desta quinta, o vídeo segue na esteira de reações de diversas lideranças políticas aos ataques promovidos por Bolsonaro em reunião com embaixadores, na semana passada.

Valdemar não cita o candidato do seu partido à Presidência da República. Ele apenas diz que “quanto ao voto impresso, ninguém pode reclamar”.

“O próprio Bolsonaro foi eleito presidente do Brasil com mais de 53 deputados federais. Como é que vamos reclamar da urna eletrônica? Não tem como reclamar”, disse.

“O voto impresso só traria prejuízo para o Brasil”, acrescentou.

A informação foi revelada pela CNN Brasil nesta quinta.

Post Anterior

Brasil cria 277,9 mil empregos formais em junho

Próximo Post

Confiança do empresário do Comércio de Palmas cresce em julho

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.