0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 19/07/2022 11:04

Em nota oficial à imprensa publicada hoje (19), o presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, afirmou que a reunião de Jair Bolsonaro com embaixadores foi um “vexame internacional” e que as eleições de outubro não eximem o “Congresso Nacional de cumprir o seu papel e abrir um processo de impeachment”. 

Freire afirmou que o presidente da República expôs o país e os brasileiros. “Tal desequilíbrio se explica pelo verdadeiro pavor que tem de ser preso pelos crimes que, no íntimo, sabe ter cometido”, declarou.

Freire ainda disse que as urnas eletrônicas deram a Bolsonaro e a seus filhos “diversos mandatos”.

Post Anterior

Trabalho do TSE não pode ser vilipendiado às vésperas das eleições, diz AMB

Próximo Post

Senador bolsonarista coordenará campanha de Lula no MT

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.