0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 28/05/2020 13:02

Uma costelaria e conveniência localizada em um posto de combustível na BR-153 em Colinas, no norte do Estado, foi fechada pela Vigilância e Posturas do município, após denúncia na ouvidoria, de que funcionários estariam trabalhando no local, mesmo infectados com a covid-19.

Por meio de nota, a prefeitura informou que a Vigilância da Secretaria de Saúde obteve os exames encaminhados pelo laboratório Lacen, de três funcionários que testaram positivo. O empresário, dono do estabelecimento, realizou o teste em outro município (UPA de Araguaína), não repassou para a Saúde e por isso não entrou no boletim, sendo que o exame foi encaminhado pelo Lacen, e será acrescentado hoje.

Ainda segundo o município, a interdição do local, é para que seja feita a desinfecção, conforme normas estabelecidas pelo Ministério da Saúde (MS). Outros estabelecimentos de Colinas (TO), também tiveram funcionários que testaram positivos para a covid-19 e passaram pelo procedimento.

“A Prefeitura está trabalhando com medidas recomendadas pelo MS, e o isolamento social ainda é a forma melhor de se proteger contra o vírus. Por isso, a Secretaria de Saúde recomenda quem puder, fique em casa, para desacelerar o avanço da doença”, finaliza a nota. 

Post Anterior

Prefeitura de Palmas capta R$ 11 milhões junto ao Governo Federal

Próximo Post

Salário de servidores públicos estaduais será pago no sábado, 30; servidores municipais da Capital recebem hoje, 29