0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 25/05/2021 21:36

O prefeito de Tupiratins, Janilson Veras Barbosa, morreu na noite desta terça-feira, 25, aos 68 anos. Ele sofreu um Acidente vascular Cerebral (AVC) e estava internado em um hospital particular de Palmas desde o dia 06 de maio. 

Coronel Janilson foi comandante-geral da PM do Tocantins e Secretário de Segurança Pública do Estado. Ano passado, o político foi eleito prefeito com 61,91% dos votos válidos.  A vice, Filomena Coelho (PSD), irá assumir a prefeitura. 

Ainda não há informações sobre velório e sepultamento. 

Janilson Veras Barbosa. Foto: Divulgação.

ATM

Por meio de nota, a Associação Tocantinense de Municípios lamentou o falecimento.

Lamentavelmente, a Associação Tocantinense de Municípios (ATM), em nome do presidente Diogo Borges, demais prefeitos e prefeitas, bem como colaboradores da entidade municipalista, externa seu mais profundo pesar pelo falecimento do prefeito de Tupiratins, Janilson Veras Barbosa (68 anos), popularmente conhecido no Município como Coronel Janilson, em decorrência de complicações de um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

O ex-prefeito é militar reformado da Polícia Militar, e alcançou o cargo de coronel, bem como o Comando-Geral da PM e Secretário de Estado da Segurança Pública. Janilson foi eleito nas últimas eleições com 61,91% dos votos válidos, o que corresponde a 980 votos no total.

O presidente da ATM e prefeito de Talismã, Diogo Borges, lamentou o falecimento do colega prefeito e disse que Coronel Janilson vinha realizando expressivo trabalho em Tupiratins, buscando incansavelmente o desenvolvimento econômico e social do Município. Por fim, o presidente da ATM disse que o Movimento Municipalista perde um grande combatente.

No dia 06 de maio, o prefeito sofreu AVC e, após avaliações médicas, precisou ser encaminhado para unidade hospitalar em Palmas, onde precisou ser internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e intubado para preservar a respiração, informou a equipe médica que atendeu o prefeito. Janilson chegou a apresentar evoluções positivas ao longo tratamento, mas uma piora no quadro clínico acarretou parada cardíaca que vitimou o gestor.

Post Anterior

TJ acolhe recurso do MPTO e determina que empresário Duda Pereira seja encaminhado a Júri Popular; defesa diz que irá recorrer

Próximo Post

Polícia Federal prende 11 candidatos durante seu próprio concurso