0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 11/06/2019 17:53

Em reunião com membros da diretoria da Associação Comercial e Industrial de Palmas (Acipa), a prefeita Cinthia Ribeiro reforçou apoio e a parceria da gestão municipal com a entidade na realização da Feira de Negócios de Palmas (Fenepalmas). “A Prefeitura é uma parceira da Acipa na realização da Fenepalmas. Quem realiza a Feira é a Acipa. Reforço que a gestão é parceira, sempre foi e continuará com a parceria”, afirmou a chefe do Executivo Municipal de Palmas na audiência realizada em seu gabinete, no início da tarde desta terça-feira, dia 11.

A Fenepalmas chega a sua 19ª edição, com previsão de realização entre os dias 1º e 5 de outubro, na Capital. Em relação ao local, ficou definido na audiência desta tarde que a Acipa formalizará pedido ao Sebrae e ao Conselho Federal de Administração (CFA), que já haviam garantido a reserva do Centro de Convenções Arnoud Rodrigues, o Parque do Povo, no período para outros dois eventos: Feira do Empreendedor e o Fórum Internacional de Administração (FIA). Sebrae e CFA haviam solicitado com antecedência o espaço. 

Prefeita Cinthia Ribeiro recebe menbros da ACIPA em reunião. Presidente Joseph Madeira esteve presente, acompanhado por membros da Associação 

O presidente da Acipa, Joseph Madeira afirmou à prefeita Cinthia Ribeiro, durante a reunião, que formalizará o pedido ao Sebrae e CFA. “Já temos uma sinalização informal que não há problema [na realização em conjunto da Fenepalmas], mas iremos formalizar o pedido para concretizar esse acordo. Sempre fui parceiro da gestão como empresa. Agora, na Acipa, sou mais parceiro ainda”, ressaltou Madeira.

 Audiência

Além da prefeita de Palmas e do presidente da Acipa, a audiência desta tarde contou com as presenças de secretários municipais da gestão de Palmas e membros da diretoria da entidade do comércio como, por exemplo, Davi Gouveia, que é vice-presidente; Beto Lima, ex-presidente; Ademar Pedreira; Antonio Faria, diretor de Serviços; Antonio João, diretor de Indústria; e João Afonso, conselheiro fiscal.

 

 

 

 

 

Post Anterior

Que tal um toque de requinte no seu ambiente nesse verão Tocantinense

Próximo Post

Governadores apresentam condições para apoiar reforma da Previdência