0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 24/10/2019 17:54

Uma pesquisa realizada nesta quinta-feira, 24,  pelo Procon Tocantins apontou que o menor  preço botijão de gás, em Palmas, é de R$ 70,00 e o maior R$ 90, ficando o valor médio em torno de R$ 80. Já em Gurupi, o levantamento mostrou que o gás de cozinha custa entre R$ 70, e 78. 

Segundo o gerente de fiscalização do Procon Tocantins, Magno Silva, o reajuste anunciado pela Petrobrás, no ultimo dia 22, foi de 5% no botijão de 13 KG. Com esse percentual  Magno Silva destaca que o preço médio do botijão nas refinarias passará de R$ 24,06 para R$ 25,26, e que o reajuste é de R$ R$ 1.20. “Ao constatar esse percentual e o monitoramento realizado pelo Procon Tocantins, asseguramos que o reajuste foi de apenas R$ 1,20 e não de R$ 5 como foi anunciado pelo Sindicato dos Revendedores e Transportadores de Gás engarrafado do Tocantins (Sirtragás) ”, observou o gerente de fiscalização.

Produtos no estoque

O superintendente do Procon Tocantins, Walter Viana, explica que  os distribuidores de gás só podem repassar esse reajuste a partir do momento em adquirir o produto com o novo  preço. “Todo o estoque antigo deve ser comercializado com o preço antigo, sob pena de o estabelecimento ser autuado por elevar o preço do produto sem justa causa”, reafirmou o gestor do órgão de defesa do consumidor.

O consumidor que perceber qualquer irregularidade nos preços e qualidade dos produtos, pode fazer a denúncia por meio do Disque Procon 151, ou por meio do WhatsApp Denúncia no (63) 99216-6840.

Confira link das pesquisas

Pamas: https://central3.to.gov.br/arquivo/474069/

Gurupi:  https://central3.to.gov.br/arquivo/474159/

Post Anterior

Deputada propõe desconto no IPVA a contribuintes sem infrações de trânsito

Próximo Post

Unidades Básicas de Saúde, em Miracema, terão atendimentos noturnos