0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 18/03/2021 16:20

O mercado brasileiro de soja abriu a semana sem grandes alterações. Poucos negócios e preços nominais foram registrados.

Os produtores seguem focados em cumprir contratos e não negociam nada de novo. Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam a segunda-feira, 15, com preços mais altos. O bom resultado das inspeções para exportação dos Estados Unidos na semana garantiu a firmeza das primeiras posições.

Foto: Divulgação.

A alta foi limitada pelo fraco resultado do esmagamento americano no mês passado, o pior em 17 meses, e pelo retorno das chuvas na Argentina, favorecendo as lavouras.

Os contratos da soja em grão com entrega em maio fecharam com alta de 6,25 centavos de dólar por libra-peso ou 0,44% a US$ 14,19 por bushel isso dá US$ 31,28 / sc.

A posição julho teve cotação de US$ 14,10 por bushel, isso dá US$ 31,09 / sc, com ganho de 7,75 centavos ou 0,55%. Nos subprodutos, a posição maio do farelo subiu US$ 6,70 ou 1,67% a US$ 407,40 por tonelada.

Post Anterior

Saúde aponta redução de óbitos entre idosos vacinados contra a Covid-19 no Tocantins

Próximo Post

Bolsanaro diz que a pandemia virou uma guerra contra o presidente