0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 12/02/2020 15:30

O Mercado físico do boi gordo voltou a registrar preços mais altos em algumas da principais praças de produção e comercialização do país.

Segundo o analista da Safras & Mercados Fernando Henrique Iglesias, o quadro de ofertas restrita de animais terminados continua ditando o ritmo dos negócios. Ao mesmo tempo, o consumo de carne bovina apresenta números expressivos neste começo de mês, acelerando a reposição entre atacado e varejo, enquanto que o pecuarista aproveita as boas condições dos pastos para manter os animais por mais tempo no campo, assinalou Iglesias.

Em São Paulo, os preços do mercado à vista subiram de R$ 201 para R$ 202 por arroba do boi gordo. Em Uberaba (MG), preços em R$ 190 por arroba. Em Dourados (MS), as cotações subiram de R$ 186 para R$ 189 por arroba. Em Goiânia ( GO), o preço indicado permaneceu em R$ 187  por arroba.

Já em Cuiabá (MT) o preço ficou estáveis no mercado atacadista. O ambiente de negócios ainda sugere por reajustes no curto prazo, dada a boa reposição entre atacado e varejo no decorrer da primeira quinzena do mês, analisou Iglesias. Fonte: Safras & Mercado         

Post Anterior

CCJ analisa projeto do Executivo que reduz ICMS nas operações com milho

Próximo Post

Safra da soja pode ultrapassar 122 milhões de toneladas