0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 12/02/2020 15:30

O Mercado físico do boi gordo voltou a registrar preços mais altos em algumas da principais praças de produção e comercialização do país.

Segundo o analista da Safras & Mercados Fernando Henrique Iglesias, o quadro de ofertas restrita de animais terminados continua ditando o ritmo dos negócios. Ao mesmo tempo, o consumo de carne bovina apresenta números expressivos neste começo de mês, acelerando a reposição entre atacado e varejo, enquanto que o pecuarista aproveita as boas condições dos pastos para manter os animais por mais tempo no campo, assinalou Iglesias.

Em São Paulo, os preços do mercado à vista subiram de R$ 201 para R$ 202 por arroba do boi gordo. Em Uberaba (MG), preços em R$ 190 por arroba. Em Dourados (MS), as cotações subiram de R$ 186 para R$ 189 por arroba. Em Goiânia ( GO), o preço indicado permaneceu em R$ 187  por arroba.

Já em Cuiabá (MT) o preço ficou estáveis no mercado atacadista. O ambiente de negócios ainda sugere por reajustes no curto prazo, dada a boa reposição entre atacado e varejo no decorrer da primeira quinzena do mês, analisou Iglesias. Fonte: Safras & Mercado         

Post Anterior

CCJ analisa projeto do Executivo que reduz ICMS nas operações com milho

Próximo Post

Safra da soja pode ultrapassar 122 milhões de toneladas

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *