0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 19/09/2019 17:05

No próximo sábado, 21, uma grande ação comunitária simultânea em todo o país promete reunir crianças, adolescentes e jovens para contribuir com a sociedade com impacto social. O Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Comunitária, conhecido como MutCom, chega a 21° edição preocupado com dar a oportunidade para que a juventude assuma o compromisso e um papel relevante com o futuro das comunidades em que estão inseridos, e sejam empoderados para o serviço com o mundo ao redor.

Organizado pelos Escoteiros do Brasil, o MutCom 2019 tem como tema ‘Uma Aventura Saudável’, e vai engajar escoteiras e escoteiros com a comunidade externa, descobrindo novos olhares para o que está próximo das realidades de cada um. A ideia é que os participantes promovam atividades de pequena escala, mas que gerem grande mudança, além de criar memórias e fraternidade.

Em Palmas, o grupo Escoteiros Tocantins, irá desenvolver esta  Ação Comunitária – Mutcom,  na Praia da Graciosa , com atividades de limpeza da praia “ Limpeza é nossa Praia”. Cerca de 40 crianças, adolescentes e jovens membros do grupo escoteiro irão  participar da ação no local.  A escolha da local , a praia da Graciosa, foi definido pelo membros do grupo pela importância que desenvolve para os moradores da nossa cidade. Local privilegiado de encontro e de lazer para os palmenses. 

Foto: Divulgação.

O MutCom é uma das três atividades estratégicas desenvolvidas pelos Escoteiros do Brasil durante todo ano – as outras duas são o Educação Escoteira, que leva atividades escoteiras educativas para dentro dos centros de educação, e o Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Ecológica (MutECO), com foco em realizar ações de preservação do Meio Ambiente. Em 2018 mais de 55 mil escoteiras e escoteiros participaram do MutCom.

Para a Escoteira Anna Elisa 13 anos, membro do Grupo Escoteiros Tocantins ”participar do MutCom é muito bom,  porque é uma ação solidária concreta onde os escoteiros de todo Brasil se unem para limpar as praças, praias, parques etc. Nosso grupo escolheu a Praia da Graciosa para executar essa atividade e  estou ansiosa porque vai ser divertido e vamos deixar tudo limpo e organizado para nossa comunidade! Espero que eles preservem!”, disse. 

 Como uma ação educativa do Movimento Escoteiro, o principal objetivo do MutCom é envolver os jovens na construção de um mundo melhor – a grande bandeira do Escotismo. Em 2019 os Escoteiros do Brasil registraram a marca de quase 118 mil associados espalhados por todos os estados do país.

O Escotismo

Fundado em 1907, na Inglaterra, por Robert Baden-Powell, é um movimento educacional de jovens que conta com a colaboração de adultos, valoriza a participação de todas as origens sociais, raças e credos e se configura como a maior organização mundial de voluntariado em prol da educação, com 50 milhões de integrantes. Sua principal característica é se tratar de um movimento que envolve as famílias em seu dia a dia. Por meio de atividades variadas e atraentes, incentiva os jovens a assumirem seu próprio desenvolvimento e a se envolver com a comunidade, formando verdadeiros líderes. O Movimento Escoteiro acredita que, por meio da proatividade e da preocupação com o próximo e com o meio ambiente, é possível formar jovens empenhados em construir um mundo melhor, mais justo e mais fraterno.

Escoteiros do Brasil

 Criada em 1924 como uma associação sem fins lucrativos que desenvolve trabalhos de educação continuada de crianças, adolescentes e jovens, valorizando o equilíbrio ambiental e o desenvolvimento social na formação de cidadãos conscientes e atuantes. Conta com mais de 100 mil registrados em todo o país, dos quais 25 mil são voluntários adultos. É reconhecida como de utilidade pública por meio do Decreto Federal nº 3.297/17 e como instituição de educação extraescolar pela Lei nº. 8.828/46. Para se juntar como jovem é preciso ter entre 6,5 e 21 anos. Essa faixa etária compreende quatro ramos distintos: lobinho (6,5 aos 10), escoteiro (11 aos 14), sênior (15 aos 17) e pioneiro (18 aos 21). A partir daí a atuação se dá como adulto voluntário, sem limite de idade.

Para conhecer mais sobre o Movimento Escoteiro acesse www.escoteiros.org.br

Post Anterior

Nova rede elétrica que irá atender Palmas e região central do Estado entra em operação em 2020

Próximo Post

Aprovado pela comissão do Senado: projeto do senador Irajá Abreu amplia uso da certificação digital para desburocratizar a vida do empreendedor