0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 16/07/2022 19:14

A Polícia Civil prendeu parte de uma quadrilha mascarada que usava referências de filmes e da série televisiva La Casa de Papel para realizar assaltos em cidades paulistas. Além de armas potentes, como fuzis e submetralhadoras, os criminosos vestiam máscaras como a do pintor espanhol Salvador Dalí, usadas pela quadrilha da série espanhola, e do personagem Coringa, vilão dos filmes de Batman. Em um dos assaltos, ao caixa eletrônico de um supermercado, em Sorocaba, os criminosos deixaram duas pessoas feridas à bala.

Nesta sexta-feira, 15, os policiais desencadearam a Operação Mascarados, para cumprir mandados de busca e prisão em São Paulo, Osasco, Carapicuíba, Boituva e Sorocaba. Três pessoas foram presas em Sorocaba, Osasco e São Paulo, respectivamente. Outras duas estão sendo procuradas. Em um dos endereços, os policiais encontraram as máscaras que foram usadas no assalto ao supermercado de Sorocaba, além de luvas, toucas e um colete à prova de balas.

A polícia apreendeu ainda uma espingarda calibre 12, uma pistola .45, carregadores e munição, inclusive de fuzil. Foram encontradas também duas placas, uma delas com numeração igual à que estava no veículo usado pelos criminosos. Entre os presos, está o homem suspeito de planejar e participar de um assalto em Sorocaba.

De acordo com o delegado Felipe Orosco, da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Sorocaba, as prisões são resultado de três meses de investigação. “Foi um assalto violento e tínhamos que dar resposta. Além da placa do carro, foram localizadas as vestes que eles usaram no assalto em Sorocaba e, especificamente, as mesmas máscaras, o que não deixa a menor dúvida sobre a participação dos suspeitos”, disse.

Em 5 de abril deste ano, quatro homens armados atacaram um supermercado na zona norte da cidade, no momento em que a equipe de segurança, que chegou em um carro-forte, abastecia o caixa eletrônico com cédulas. Eles estavam mascarados, usavam coletes à prova de balas e um dos homens portava uma arma longa. Os assaltantes deixaram o carro, um automóvel preto, no meio da rua, abordaram os seguranças e recolheram as gavetas que continham o dinheiro.

Durante o assalto, eles fizeram disparos no interior do estabelecimento, atingindo duas pessoas. Um segurança que estava trabalhando no supermercado foi baleado no peito e na perna, enquanto uma cliente que fazia compras no supermercado foi atingida no pé. Os dois já se recuperaram dos ferimentos – o segurança foi protegido pelo colete balístico.

Uma câmera registrou a ação dos criminosos. Nas imagens, é possível ver que um deles usava a máscara da série La Casa de Papel e outro, a do Coringa. Testemunhas disseram que os assaltantes eram violentos e fizeram mais de uma dezena disparos com o fuzil e a submetralhadora para assustar quem estivesse no local e evitar que fossem seguidos durante a fuga. Eles levaram R$ 180 mil em dinheiro.

Grupo está por trás de crime semelhante na Baixada Santista

Para o delegado, o mesmo grupo realizou um assalto semelhante, um mês antes, a dois caixas eletrônicos de um supermercado, em Mongaguá, na Baixada Santista. Os criminosos chegaram quando um carro-forte fazia o abastecimento dos caixas eletrônicos do estabelecimento, no Jardim Jussara. Ao menos quatro criminosos 0 fortemente armados pararam um carro preto na rua, renderam os seguranças e levaram o dinheiro. Houve troca de tiros e um segurança foi baleado, mas se recuperou.

Conforme o policial, nos dois casos, os criminosos danificaram o caixa eletrônico antes da ação para obrigar o envio da equipe da empresa de valores. Segundo ele, é possível que a quadrilha tenha participado de outros assaltos em que os criminosos estavam usando máscaras semelhantes. Os suspeitos presos vão responder pelos crimes de latrocínio tentado, associação criminosa e porte ilegal de armas. Os nomes dos detidos não foram divulgados.

Série espanhola foi estouro de audiência na Netflix

‘La Casa de Papel’ é uma série de televisão de grande sucesso criada por Álex Pina e que teve os direitos de streaming adquiridos pela Netflix. A trama envolve uma quadrilha altamente preparada para assaltar a Casa da Moeda Real da Espanha e o Banco Central espanhol. Os integrantes da quadrilha usavam uniformes vermelhos e a máscara de Salvador Dalí, nascido na Espanha, e que se tornou o principal nome do movimento surrealista do século 20.

Post Anterior

Incêndios florestais atingem França e Espanha em meio à onda de calor

Próximo Post

Fux não irá a reunião de Bolsonaro com embaixadores

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.