0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 27/04/2020 15:41

A Polícia Militar Ambiental apreendeu 400 metros redes de pesca, munições e mais de 50kg de pescado ilegal durante o final de semana na região sul do Tocantins. Dois homens foram presos e um deles foi autuado por crime ambiental no valor de R$ 1.500 reais.

No sábado, 25, a equipe de Patrulhamento Ambiental (GPA) apreendeu arma de fogo calibre 22 com luneta e, ainda, 56 munições intactas de mesmo calibre com um homem que transitava numa motocicleta transportando um objeto semelhante a uma arma longa na zona rural do município de Sucupira. O homem foi conduzido para a central de flagrantes de Alvorada e os produtos exibidos para o delegado de plantão, sendo lavrado o auto de prisão em flagrante.

Em outra ação, no mesmo dia, às margens do rio Paranã no município de Paranã, a GPA flagrou um idoso de 75 anos pescando com uso de 300 metros de redes de emalhar de malha sete e mais 100 de malha 14. Ao solicitar a devida licença, o idoso disse ser pescador profissional apresentando o documento vencido desde o ano de 2012.  Ele foi autuado, lavrando-se o auto de infração ambiental no valor de R$ 1.500 reais. Também foram apreendidos os materiais de pesca e 59 quilos de pescados de várias espécies, sendo estes doados em casa de socialização do próprio município do flagrante.

Post Anterior

Diferente de outros estados, Tocantins apresenta baixa ocupação de leitos nos hospitais

Próximo Post

Governo Federal deve liberar R$ 15 bilhões em subsídios do Plano Safra