Home»Destaque»Polícia Federal deflagra operação para coibir exercício ilegal da atividade de segurança privada

Polícia Federal deflagra operação para coibir exercício ilegal da atividade de segurança privada

Atualizada em: 30/03/2019 19:10

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Policiais federais em Palmas (TO) deflagraram durante toda esta sexta-feira, 29,  a Operação Segurança Legal III, para coibir o exercício ilegal da atividade de segurança privada em estabelecimentos comerciais e em locais de acesso público.

A força-tarefa aconteceu simultaneamente nos 26 estados e no Distrito Federal, envolvendo o trabalho do órgão central e de mais de 95 unidades da Polícia Federal. Ao menos 400 empresas de segurança e estabelecimentos foram fiscalizados, para garantir que a atividade não seja realizada por empresas irregulares ou pessoas não capacitadas.

Os prestadores de serviços de segurança privada fiscalizados deverão comprovar sua regularidade, bem como o emprego exclusivo de vigilantes devidamente treinados e capacitados para a atividade. As empresas flagradas atuando de maneira irregular estão sujeitas ao encerramento das atividades e às demais sanções cabíveis.

Em Palmas, a Polícia Federal fiscalizou cinco estabelecimentos comerciais, sendo lavrados quatro Autos de Encerramento de Atividades e expedidas quatro notificações para as empresas tomadoras do serviço. Já em Araguaína, a 368 km de Palmas, foram fiscalizados dois estabelecimentos, sendo lavrado um auto de prisão em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

Post Anterior

Forró pé de serra anima domingueira do Sesc Palmas neste domingo, 31

Próximo Post

Denúncia anônima leva PM à casa onde supostamente mãe e filho traficavam drogas no sul do Tocantins