0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 10/10/2019 17:06

A Polícia Civil prendeu nesta última quarta-feira, 09, no Jardim Aureny III em Palmas, um homem de 34 anos, conhecido como “Pirata”. De acordo com as investigações da DENARC, ele é um dos traficantes mais influentes no Estado, coordenando 90% do tráfico em Araguaína e com interrelação com redes de distribuição em estados vizinhos.

O traficante foi preso em um apartamento no Aureny III, região Sul de Palmas. No local, os policiais encontraram porções de cocaína de alta pureza, além de R$ 7 mil em espécie. Segundo o delegado Alexander Pereira da Costa, “Pirata” passou a ser investigado em janeiro de 2019, quando um homem foi preso em flagrante no momento em que recebeu um carregamento de 19 kg de maconha em Araguaína, no Norte do Estado.

Ainda segundo o delegado, a polícia civil localizou uma residência que era utilizada por “Pirata” como depósito. Na ocasião, um homem e uma mulher foram presos em flagrante portando 300 gramas de cocaína de alta pureza, R$ 5.772,00 em espécie e um caderno contendo anotações referentes à contabilidade do tráfico. “Com base na análise do material nas duas prisões, conseguimos identificar que “Pirata” era um dos principais responsáveis pela distribuição e comercialização de entorpecentes de Araguaína e cidades circunvizinhas”, afirmou.

Após saber que vinha sendo investigado, “Pirata” fugiu de Araguaína e passou a atuar na cidade de Palmas, onde foi localizado nesta quarta-feira,09, após uma ação conjunta entre a DENARC de Araguaína e Palmas e a POLINTER. “Agora ele vai responder por diversas ações penais por tráfico e associação para o tráfico, visto que as investigações demonstraram que ele era o principal responsável por uma complexa rede de distribuição de drogas no Estado, com conexões com os estados de Goiás, Pará e Distrito Federal”, afirmou o delegado. Ele foi encaminhado para a Casa de Prisão Provisória de Palmas.

Post Anterior

Deputados aprovam data-base de 1% a servidores de todos as instituições e Poderes

Próximo Post

Em Santa Rita do Tocantins: ex-prefeito é condenado por doar área pública a amigo de infância sem prévia licitação

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *